Página Inicial Comercial Abaixo do esperado: Luciano Dias conquistou menos pontos que Knevitz no comando do Comercial; Treinadores tiveram o mesmo número de jogos

Abaixo do esperado: Luciano Dias conquistou menos pontos que Knevitz no comando do Comercial; Treinadores tiveram o mesmo número de jogos

Escrito porGabriel de Faria 18 de abril de 2017
O momento não era bom. A torcida pressionava. Até que na 9ª rodada da Série A3 do Campeonato Paulista o presidente do Comercial, Brenno Spinelli, resolveu demitir o técnico Amauri Knevitz do comando técnico alvinegro. Não demorou muito para que o Leão anunciasse Luciano Dias como novo comandante da equipe.
Dias foi anunciado como técnico de Série A2 que dirigiria time de A3 – o que não deixava de ser verdade, já que o treinador tinha treinado o Rio Preto em 2016 e já tinha certa experiência na divisão. Com essa bagagem, a torcida ficou esperançosa com a chegada do novo comandante, mas o resultado não foi o esperado.
Os números comprovam – além da queda, claro. Com Amauri Knevitz, que teve um começo muito bom – venceu Independente e Matonense por 3 a 0 e 4 a 1, respectivamente -, saiu do comando comercialino com um aproveitamento de 48% dos pontos. Em nove jogos, o gaúcho venceu quatro jogos, empatou um e perdeu outros quatros. A última partida dele foi na derrota para o Nacional por 1 a 0, o que deixou o time na 11ª colocação.

Na rodada seguinte, a décima, o Leão enfrentou o Desportivo Brasil em casa, já com o técnico Luciano Dias observando das arquibancadas. O empate em 0 a 0 contra o time de Porto Feliz deixava claro, para quem ainda tivesse dúvida, que o Leão precisaria de um novo padrão de jogo. E teve, apesar de não ter engrenado.
Luciano Dias estreou oficialmente contra o até então líder Olímpia, em casa, e venceu por 1 a 0. No jogo seguinte o adversário foi a Inter de Limeira, que na ocasião também liderava, e o Leão arrancou um empate fora de casa. Mas depois o time não engatou uma boa sequência. Com o mesmo número de jogos de Knevitz, Dias teve um aproveitamento inferior: 40% dos pontos foram conquistados, sendo duas vitórias, cinco empates e duas derrotas.

Foto: Rafael Alves | Comercial FC