Após escândalo, FIFA garante Rússia sem doping na Copa do Mundo

Após escândalo, FIFA garante Rússia sem doping na Copa do Mundo

Outros esportes no país vêm sendo investigados e punidos por conduta

Os escândalos de doping envolvendo o esporte russo vêm sendo frequentes e podem ter chegado também ao futebol. Sob investigação agora estão os jogadores do país que jogaram a Copa do Mundo FIFA de 2014, no Brasil. Na competição, a equipe caiu na fase de grupos.

As informações são do jornal inglês Daily Mail, que afirmou que os 23 convocados para o Mundial de três anos atrás, além de outros 11 nomes, estão em lista de atletas que podem ter competido dopados. A Fifa, sabendo da situação, estaria analisando o caso.

Por outro lado, a agência de notícias russa Tass garantiu que a entidade que rege o futebol mundial já reanalisou os testes e confirmou que não há nenhum indício de doping.

“Todos os jogadores participantes da Copa do Mundo de 2014 foram testados e tiveram resultado negativo para doping. A Fifa enviou as amostras para análise da Wada (Agência Mundial Antidoping)”, afirmou a assessoria de imprensa da entidade, ao Tass.

O que foi confirmado é que, baseado no relatório McLaren, que descobriu escândalo de doping na Rússia, diversos atletas do país, incluindo jogadores de futebol, estão sendo investigados. “Entretanto, a Fifa não se refere a nenhum nome especificamente.

Um escândalo de doping no futebol russo poderia ser desastroso para o país, que se prepara para receber o próximo Mundial, daqui um ano. O time vem de campanha ruim na Euro em 2016 e acabou fora na primeira fase da Copa das Confederações, após derrotas para Portugal e México.

Foto: Vasily Maximov | AFP

 

%d blogueiros gostam disto: