Alberto Félix espera Bragantino equilibrado nas semifinais da Série A2 do Campeonato Paulista

Neste sábado, Bragantino e Água Santa se enfrentam no primeiro jogo das semifinais da Série A2, e o técnico do time de Bragança Paulista, Alberto Félix, espera equilíbrio da sua equipe, além de considerar o apoio da sua torcida determinante para o duelo. Mesmo com uma curta carreira como técnico, Félix atuou como jogador em equipes tradicionais do país, como Cruzeiro, Internacional e Bragantino, e tenta transmitir a sua bagagem para os jogadores.
“O que eu tenho falado é pra gente procurar controlar a ansiedade. Ter equilíbrio todos pedem, mas é a parte mais difícil. O time vai jogar contra o Água Santa podendo alcançar um feito histórico, é preciso ter equilíbrio para não se expor e saber jogar de acordo com as circunstâncias do jogo”, disse.
Com o melhor desempenho entre os semifinalistas nas últimas cinco rodadas da primeira fase, o treinador se mostrou confiante com o seu time para a reta final.
“Vamo com muita confiança. Temos retrospecto favorável e temos que considerar isto. Nas semifinais todas as equipes irão se doar ao máximo e isso também nos dá mais confiança, mesmo enfrentando uma equipe que ficou em primeiro (no geral)”, falou.
Na fase inicial, as duas equipes se enfrentaram em Bragança Paulista e o time do Água Santa venceu por 2 a 1, mas desta vez Félix acredita que o jogo será diferente daquele da sexta rodada.
“Esse jogo é um novo campeonato e trazemos coisas boas da primeira fase, mas sabemos que se tornou passado (a derrota em casa) e agora um novo momento”, afirmou.
Com a possibilidade de um bom público no Estádio Nabi Abi Chedid, o comandante ressaltou a importância da presença dos torcedores.
“O apoio da torcida pode ser fator determinante. Tivemos público pequenos, mas quando o torcedor vem motiva muito o time e pode ser o referencial”, declarou.
> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook
Ao avaliar o adversário, que tem a melhor defesa do campeonato e, assim como o Bragantino, um dos melhores ataques, Félix presume um jogo bem movimentado e com muitas chances de gol.
“Expectativa de jogo franco, as duas equipes não mudam a forma de jogar de acordo com adversário, as duas jogam ofensivamente e com possibilidades de gols nos dois lados. Do nosso lado, é preciso se precaver para não tomar gols”, mencionou.
Técnico desde 2011, Alberto Felix vestiu a camisa do Bragantino na década de 90 e é ídolo do clube. No banco de reservas como treinador, a carreira ainda é curta, e ele citou as diferenças entre essas funções.
“Quando a bola rola, a ansiedade passa, mas como técnico é diferente, exige poder de concentração maior para orientar a equipe e tentar prever alguma coisa, e foco muito grande”, finalizou.
O primeiro jogo do duelo será neste sábado, às 18h30, em Bragança Paulista. O segundo será na terça-feira, às 15h30, em Diadema.

Foto: Rodrigo Corsi | FPF

 

%d blogueiros gostam disto: