Análise: Botafogo venceu o Tombense e a turbulência

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

O Botafogo venceu o Tombense e a turbulência neste domingo. A pressão por um resultado positivo após todos os problemas extra campo não foi sentida pelos jogadores, que fizeram uma partida regular e conquistaram a vitória.

É claro que o time não rendeu como vinha acontecendo nos últimos jogos, afinal, foram três modificações no time titular, entretanto, os substitutos deram conta do recado e fizeram boa partida.

Bodytech 300X200

+ Botafogo encaminha as contratações de Lúcio Flávio e Marquinhos

Na segunda etapa o Pantera perdeu um pouco do controle das ações, mas não chegou a ser incomodado. O resultado foi importantíssimo, levando em conta os fatores classificatórios e emocionais que o jogo tinha.

Confira as notas dos jogadores do Botafogo

Tiago Cardoso: Pouco participou do jogo. Acertou boas reposições de bola que ajudaram na armação de contra-ataques. Nota: 7

Marcos Martins: É muito seguro tanto momento ofensivo quanto no defensivo. Tem feito muitas faltas e levou o terceiro cartão amarelo. Está fora do próximo jogo. Nota: 6

Carlos Henrique: Voltou a ter uma boa atuação. Ganhou todas as bolas aéreas. Levou o terceiro cartão e também será desfalque. Nota: 7,5

Plínio: Mantém uma regularidade absurda. Sempre em bom nível. Nota: 7,5

Peri: Outra vez foi uma das principais válvulas de escape do time. É o desafogo nos momentos mais difíceis. Está em ótima fase. Nota: 8

Serginho: Entrou na vaga deixada por Everton Heleno. Não foi brilhante, porém é útil. Teve atuação regular. Nota: 6,5

Yuri: Foi adiantado para segundo volante e foi bem. Não tem a mesma dinâmica que Heleno, porém, sabe fazer bem a função. Nota: 7

Tchô: Novo camisa 10 do Pantera, mostrou que tem qualidade, buscou o jogo e distribuiu bons passes, entretanto, a questão física é um agravante. Deixou o campo sentindo dores. Nota: 6,5

Felipe Augusto: Está vivendo uma fase mágica. Marcou o seu sétimo gol na competição, belo gol, inclusive. Nota: 9

Caio Dantas: Não foi bem, mas não foi mal. Brigou muito, perdeu algumas boas chances de marcar. Pode ser muito útil nos próximos jogos. Nota: 6

Pimentinha: Foi a principal válvula de escape no momento ofensivo. É muito veloz e inferniza a defesa adversária. Toma muitas decisões erradas, precisa melhorar neste aspecto. Nota: 7,5

Elder Santana: Entrou melhor do que em outras oportunidades. Deu boa assistência para Caio Dantas. Nota: 6,5

Everton Santos: Não teve o mesmo brilho da estreia, mas puxou bons contra-ataques. Será importante daqui pra frente. Nota: 6

Matheus Jussa: Entrou ligado no jogo. Está de olho em uma das vagas que foram abertas no meio-campo. Nota: 7

Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

 

Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: