radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Análise: Condé cumpre promessa de time praticamente pronto até a oitava rodada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

O Botafogo enfim conseguiu ter uma exibição de respeito dentro de seus domínios. Vitória para ninguém botar defeito, sendo o senhor da partida desde o primeiro minuto.

A exibição do Pantera, foi daquelas que manda recado aos demais concorrentes no campeonato. Solidez defensiva, entrosamento entre os setores do time e um ataque bastante afiado.

Gran Steak 500×300

Algo a ser destacado é o conhecimento do técnico em relação ao seu time. Após a primeira rodada, Condé afirmou que o time precisa de ao menos cinco rodadas para começar engrenar. Dito e feito, logo no sexto jogo, o time mostrou o seu melhor futebol dentro da competição.

+ Com dois de Felipe Augusto, Botafogo bate o Joinville

E vale ressaltar que o Botafogo ainda tem jogadores como Tchô e Everton Santos para entrar no time. O trabalho empolga, cabe ao Botafogo manter os pés no chão e seguir trabalhando com humildade, para que possa colher grandes coisas no futuro.

Felipe Augusto é o cara do time. Sempre bem posicionado, foi o autor de cinco gols nos últimos três jogos. Jheimy é outro que precisa ser valorizado. Desencantou contra o Joinville, mas apesar de não ter marcado antes, distribuiu quatro assistências nos últimos três jogos.

Confira as notas dos jogadores do Pantera na partida:

João Lucas: “Encerrou” seu ciclo como titular do Botafogo muito bem. Deixou bem claro para o comandante que está apto a entrar quando dor necessário. Nota: 6,5

Lucas Mendes: Muito ofensivo, tem facilidade para apoiar o ataque. Fez outra boa partida e mostrou que deve continuar como titular do time. Nota 7

Carlos Henrique: Vive uma fase extraordinária. Seguro e perfeito no jogo aéreo. Iniciou a jogada do terceiro gol com um lançamento primoroso para Peri. Nota: 8

Plínio: Sempre seguro, foi substituído na segunda etapa por cansaço. É um dos pilares do time. Nota: 6,5

Peri: Está muito bem. 100% recuperado está mostrando seu valor a importância que tem no time. Deu assistência para o gol de Jheimy. Nota: 7,5

Serginho: Fez sua melhor exibição com a camisa Botafoguense. Tem papel importante no time. Fez muito bem a cobertura pelo lado direito, dando liberdade para as decidas de Lucas Mendes. Nota: 8

Yuri: Homem de confiança do treinador ajudou Serginho no setor de marcação. O entrosamento de longa data com o companheiro melhorou o nível de ambos os jogadores. Nota: 7

Garré: Participativo, participou de boas jogadas no campo de ataque. Pecou em excesso nas finalizações. Precisa melhorar o fundamento. Nota: 6,5

Felipe Augusto: Sempre ele! Decisivo, Felipe é o jogador mais decisivo do time. Autor de dois gols na partida, ainda participou de outras jogadas de perigo. Nota: 10

Jheimy: Contratado para ser o goleador do time, está se destacando mais pelas assistências, do que pelos gols. Deu duas assistências no jogo. Nota: 8,5

Pimentinha: Muito veloz, impõe muita dificuldade para os marcadores adversários. Será fundamental no decorrer da campanha. Nota: 7

Tchô: Voltou de lesão e mostrou  para o titular da posição que será uma sombra e tanto. Deu bons passes e mostrou qualidade na armação de jogadas. Nota: 7

Gilberto: Fez sua estreia com a camisa do Pantera. Não teve muito trabalho, pois o Joinville pouco produziu na segunda etapa. Nota: 6

Caio Dantas: entrou na reta final do jogo e não teve muito tempo para mostrar serviço. Entra em todos os jogos e sempre joga bem. Nota: 6

Foto: Leonardo Del Sant / WSports

 

 

 

 

 

 

Leia Mais

W Sports