Análise: defesa do Leão vai bem, mas falha individual atrapalha; ataque tem noite pouco inspirada

O Comercial conheceu a sua primeira derrota oficial na temporada, ao perder para o Grêmio Osasco por 1 a 0 na noite da última quinta-feira, pela Série A3 do Campeonato Paulista. Mas o mais importante é que nada está perdido.

Depois de duas vitórias seguidas nas primeiras rodadas da competição, o Leão surpreendeu a todos, inclusive o próprio técnico Amauri Knevitz, que confessou ter ficado surpreso com a vitória na estreia por 3 a 0 sobre o Independente.

Claro que o torcedor não gosta da derrota, mas nesse caso é compreensivo. O Comercial foi a campo contra um adversário direto nesse começo de campeonato e que ainda jogava em seus domínios. Apesar disso, o Bafo equilibrou a primeira etapa e foi superior no segundo tempo, pecando nas finalizações.

Ainda sim tivemos pontos positivos na equipe alvinegra. A defesa foi muito bem, não dando espaços para infiltrações do ataque do Osasco. As finalizações dos donos da casa saíram apenas em finalizações de longa distância. O gol saiu em uma falha individual do volante improvisado Tabarana, que errou o bote dentro da área e deixou o atacante adversário livre para marcar. Tabarana, alias, vinha bem na partida, assim como todo o restante do sistema defensivo.

Se a defesa se portou bem em um modo geral, o mesmo não podemos dizer do ataque. Naldinho, Carlos França, Pablo e Totô não foram bem como nas duas partidas anteriores. Em noite pouco inspirada os atacantes comercialinos pouco incomodaram Jefferson, camisa um do Osasco, obrigando Amauri Knevitz a fazer três alterações no ataque durante a segunda etapa (entraram Kadu, Mirray e Jairo; saíram Naldinho, Pablo e Totô).

> Receba as notícias do Leão do Norte em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

Diferente do jogo contra a Matonense, Kadu não entrou bem. Tentou dribles na ponta esquerda, mas prendeu muito a bola, dificultando a criação comercialina. Mirray e Jairo pouco tempo tiveram e com isso pouco acrescentaram.

Se a derrota devolveu ao torcedor a desconfiança (algo que não deve acontecer) os comercialinos podem ficar um pouco aliviados. Knevitz, que repetiu a mesma escalação nos três jogos, deve mudar o ataque, que antes era o melhor com seis gols anotados, mas que mostrou graves problemas contra o GEO. Problema esse que o competente comandante alvinegro deve trabalhar para corrigir para as próximas rodadas.

O Leão volta a campo no domingo, às 10h, contra o São Carlos, no estádio Palma Travassos, e o portal Wsports acompanha em Tempo Real, minuto a minuto, a partir das 9h30.

Foto: Rafael Alves | Comercial FC

Leia mais

%d blogueiros gostam disto: