Análise: Empate não é tão ruim; Leão vai precisar se acostumar a catimba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

O Comercial não venceu o Paulista, mas continuou na primeira colocação. Vencer era fundamental para, Principalmente, abrir vantagem em relação aos concorrentes por uma vaga na próxima fase.

A vitória não veio, porém, a situação do Leão ainda é confortável. Em linhas gerais, o Leão do Norte não fez uma partida ruim, criou situações e teve mais chances para vencer. Entretanto, fica o alerta de que daqui para frente os jogos serão mais difíceis.

UNIMED

+ Comercial não sai do zero e tropeça no Palma Travassos

O Paulista veio a Ribeirão Preto com a clara missão de não perder o jogo, vencer, para o time de Jundiaí, não foi prioridade em momento nenhum. Essa é uma dificuldade que deve ser tendência e o Comercial vai precisar ficar de olho.

A catimba e a cera são outros fatores que o Leão deve se acostumar. O time do Paulista praticou em quase todo o tempo o anti-jogo, sem contar a quantidade de faltas duras que a arbitragem deixou de aplicar os cartões.

Cera e catimba foram as armas do Paulista contra o Bafo (Foto: Leonardo Del Sant / WSports)

O campeonato agora está mostrando a sua verdadeira faceta. Para o torcedor, a campanha sempre deve ser lembrada, entretanto, a magnitude do que o Comercial fez na primeira fase, ficou na primeira fase. Daqui para frente, o Leão vai precisar escrever novamente a sua história, e nesta história, as vitórias precisam aparecer para que no final, o Bafo conquiste o tão sonhado acesso.

Foto:Leonardo Del Sant / WSports

Leia Mais