Análise: Entendimento tático dos jogadores impressiona; Padrão de jogo também

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Quando a fase é boa, os ventos costumam soprar a favor. No sábado o Botafogo fez a sua parte e bateu o Luverdense dentro de casa, em mais um jogo impecável do time comandado por Léo Condé.

No fechamento da rodada, os resultados dos adversários culminaram com uma vantagem de 10 pontos em relação ao quinto colocado, o que coloca o Botafogo numa posição muito confortável no campeonato.

Coxilha dos Pampas 300X200

O entendimento tático que os jogadores vêm tendo impressiona. Mudam-se os nomes, mas o padrão tático segue intacto, o que valoriza ainda mais o trabalho da comissão técnica.

Até aqui, a campanha Botafoguense é a melhor da competição e com sobras. Manter o nível de atuações e continuar na crescente é o caminho para chegar tinindo no momento decisivo.

+ Bota bate o Luverdense e emplaca a quarta vitória consecutiva

Confira as notas dos jogadores na partida:

Tiago Cardoso: Sempre muito seguro, outra vez foi muito bem no jogo. Nada pôde fazer no gol do adversário. É impecável na reposição de bola. Nota: 7

Marcos Martins: Voltou de suspensão e manteve a regularidade habitual. Não desceu tanto ao ataque, mas não comprometeu na defesa. Nota: 6,5

Carlos Henrique: Voltou ao time titular e teve mais uma de suas boas atuações. É muito forte no jogo aéreo. Nota: 6,5

Plínio: O capitão tem uma regularidade que impressiona. Outra vez muito bem. Nota: 7,5

Daniel Vançan: Surpresa boa da noite. Muito bem nas descidas ao ataque. Foi coroado com o segundo gol do jogo. Nota: 8

Yuri: É um líder dentro de campo. Está sempre orientando os companheiros na marcação. Muito preciso nos desarmes. Nota: 7

Matheus Jussa: Grande partida em seu primeiro jogo como titular. É típico segundo volante. Marca e sai para o jogo com a mesma qualidade. Um dos melhores na partida. Nota: 8,5

Tchô: É a referência técnica do time. Serve muito bem os companheiros, tem grande qualidade no passe. Está abaixo fisicamente, mas compensa com qualidade técnica. Nota: 7,5

Pimentinha: É o famoso motorzinho. Fundamental para o jogo proposto por Léo Condé. Puxou diversos contra-ataques e criou inúmeras situações de perigo. Nota 9,5

Caio Dantas: Novo dono da camisa nove, marcou novamente e já fez com que o torcedor esquecesse o antigo titular.Nota: 9

Felipe Augusto: Sua fase no Botafogo está se tornando algo surreal. Novamente marcou e deu assistência. É, disparado, o melhor jogador do time. Nota: 9

Leandro Salino: Estreou e mostrou que pode ser importante. Tem boa qualidade no passe. Nota: 6

Everton Santos: Ainda não deslanchou com a camisa Botafoguense. Está na reserva porque seus concorrentes estão voando baixo. Pode ser importante na fase decisiva. Nota: 5,5

Elder Santana: Entrou na reta final na vaga de Felipe Augusto. Não criou tantas situações, mas demonstrou vontade nos lances que participou. Nota 5,5

Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

 

 

 

Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: