Análise: Mudanças de Condé não puderam ser avaliadas; Novo empate aumenta pressão por vitória

O empate diante do Cuiabá pode ser analisado de duas formas. A positiva, leva em conta as circunstâncias do jogo, já que o Botafogo atuou desde os 25 minutos da primeira etapa com um jogador a menos.

Neste caso, é preciso entender que a partir da expulsão  de Lucas Mendes tudo ficou mais difícil para o time. Condé preparou durante a semana a entrada de Yuri no meio-campo, a modificação tinha como principal intenção adiantar e dar mais liberdade para Everton Heleno, porém, os contratempos do jogo não deixaram o técnico sentir à eficácia da sua modificação tática. Por este motivo, circunstancialmente, o resultado não foi tão ruim assim.

+Com um a menos, Bota empata a segunda no estádio Santa Cruz

O lado negativo é que mesmo quando a partida estava em igualdade numérica, o Bota não conseguiu impor seu ritmo de jogo e em alguns momentos ficou abaixo do time visitante. É claro que este período durou apenas 25 minutos, entretanto, deixa a desejar, já que o projeto que o Botafogo tem prometido visa o acesso à série B.

E o ponto mais agravante do resultado, é o fato de não ter vencido em casa nas duas partidas que disputou. Ambas as partidas contaram com peculiaridades que defendem as justificativas do treinador. A tensão e o desentrosamento da partida de estreia e o jogador a menos no duelo contra o Cuiabá. Uma coisa é certa, vencer o Volta Redonda será fundamental para evitar o aumento da pressão e também para não tornar a caminhada do time mais dura ainda.

Confira as notas dos jogadores do Botafogo na partida:

João Lucas: Cada vez mais seguro no gol do Botafogo, o goleiro vem mostrando que pode brigar de igual para igual com o titular. Fez uma defesa fundamental na reta final do jogo. Nota: 8

Lucas Mendes: Vinha sendo um dos destaques do time, mas foi expulso de maneira desnecessária, com um carrinho dentro da área adversária. Apesar de não ter sido maldoso na jogada, foi imprudente e prejudicou o time. Nota 2

Carlos Henrique: Bem mais uma vez, o jogador garantiu a vaga de titular do time comandado por Condé. Nota 6

Plínio: O capitão do time vem mantendo o nível de atuações do campeonato paulista. É muito regular. Nota: 7

Peri: Está melhorando conforme sua condição física vai voltando ao normal. Foi um dos melhores do time na partida. Válvula de escape em várias oportunidades. Nota: 7,5

Serginho: Homem de confiança do treinador. É tipo de jogador que quase não aparece para o torcedor, mas tem função tática importante no time. Nota: 6

Yuri: Primeira vez atuando como titular do Botafogo, teve sua participação no jogo comprometida já que ele foi o escolhido para ocupar a vaga deixada por Lucas Mendes na direita. Ganhou pontos com a torcida e o treinador por conta de sua voluntariedade. Nota 7

Everton Heleno: Foi escalado inicialmente mais adiantado, com liberdade para chegar mais perto do gol, porém, teve de ser recuado novamente após a expulsão e acabou não conseguindo mostrar seu futebol no setor ofensivo. Foi importante, como sempre, na transição das jogadas. Nota: 7

Garré: Responsável por dar dinâmica ao meio-campo, o jogador não conseguiu manter o ritmo de outros jogos. Errou muitos passes. Nota: 5,5

Caio Dantas: Escalado em função diferente dos outros jogos, não teve o mesmo brilho e nem foi mal. Precisa de mais tempo para adaptar a movimentação para jogar com dois centroavantes. Nota 6.5

Jheimy: Voltou ao time titular após duas rodadas de fora. Teve nos pés a melhor chance de gol do Bota no jogo. Parou no goleirão. Ainda está devendo e para ser titular vai precisar ralar. Nota: 6

Felipe Augusto: Sacado do time titular, ainda está devendo. É um jogador que pode render mais. Não entrou bem contra o Cuiabá, porém entrou numa fogueira. Nota: 5

Marcelinho: Provável substituto de Lucas Mendes, foi para o aquecimento logo após a expulsão, entretanto, entrou na partida apenas na segunda etapa. É da confiança de Condé. Nota 5

Matheus Jussa: Entrou na reta final do jogo para dar mais consistência ao setor defensivo. Jogou poucos minutos. Sem nota

Foto: Leonardo Del Sant / WSports

 

 

 

 

 

 

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario