Ao final da primeira semana de retomada econômica, Prefeitura ressalta importância de medidas preventivas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

Ribeirão Preto completou nesta sexta-feira, 5 de junho, a primeira semana de retomada consciente de atividades econômicas, com o funcionamento parcial e com restrições de imobiliárias, escritórios em geral, concessionárias de veículos, comércio e shopping centers.

Ao anunciar os dados diários do boletim epidemiológico, que apontam 1.536 casos positivos de COVID-19 na cidade e 36 óbitos pela doença, o prefeito Duarte Nogueira ressaltou a importância do cumprimento de todas as medidas preventivas por parte dos estabelecimentos e da população.

Bodytech 300X200

LEIA MAIS Por que a obesidade é um fator de risco para pessoas com Coronavírus?


“Mais uma vez ressaltamos: a quarentena não acabou. É preciso que as pessoas colaborem e respeitem os protocolos de segurança sanitária e que evitem aglomerações, ficando em casa sempre que possível. Já foi orientado no início da semana e reafirmo: se a situação sair do controle, não hesitaremos em retomar as medidas de restrição adotadas no início da pandemia”, alertou Nogueira.

A taxa de ocupação de leitos de UTI destinados ao tratamento de COVID-19, nesta sexta-feira, chegou a 61,2%, com 74, dos 121 leitos disponíveis, ocupados. Com relação aos leitos de enfermaria, a ocupação foi de 52,9%, com a utilização de 101 dos 191 disponíveis para pacientes com o novo coronavírus.


“Não saímos da quarentena e todas as restrições devem ser cumpridas à risca, sob pena de retrocedermos”, ressaltou o prefeito, lembrando que os quatro laboratórios credenciados no município já testaram 6.463 pessoas.

LEIA MAIS 4 empreendedores que alcançaram o sucesso depois da crise


A fiscalização sobre o funcionamento dos estabelecimentos, principalmente no que diz respeito ao cumprimento das orientações e protocolos sanitários, também foi intensificada. A Guarda Civil Metropolitana prestou 3.339 orientações e vistoriou 1.551 estabelecimentos. Já as equipes da Fiscalização Geral promoveram 1.650 vistorias e lacraram 13 estabelecimentos. Além disso, ao menos cinco eventos deixaram de ser realizados no município.

Com relação à campanha Ribeirão Solidária, as arrecadações e a distribuição de cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social não param de crescer. “Chegamos a 15.900 cestas arrecadadas, das quais 15.700 já foram entregues, e R$ 150 mil depositados no Banco do Brasil, que também serão revertidos em cestas de alimentos. Além disso, iniciamos hoje a distribuição de mais 9.712 cestas em parceria com o governo do estado”, finalizou o chefe do Executivo.


 


 

Leia Mais