Após boa atuação, Carlos Henrique larga na frente pela titularidade

O sistema defensivo do Botafogo foi um dos principais destaques do time no campeonato paulista. A dupla Plínio e Naylhor demonstrou grande entrosamento e facilidade para atuarem juntos. O paulistão terminou e Naylhor rumou para o Vila Nova-GO, deixando uma vaga na defesa em aberto.

O Botafogo foi ao mercado e trouxe dois jogadores para a posição, mas para o primeiro jogo da Série C, Carlos Henrique foi o escolhido para atuar ao lado de Plínio. Apesar da versatilidade, o jogador afirma que espera ter sequência em sua posição de origem.

“Eu espero ter essa sequência como zagueiro. O que eu quero é trabalhar na minha posição, mas eu já deixei bem claro que eu estou aqui no Botafogo para ajudar, independente da posição. Seja de zagueiro, lateral ou volante, eu vou estar apto para ajudar o time”, disse Carlos Henrique.

+ Botafogo volta ao trabalho com cara nova

O desempenho de Carlos Henrique na partida contra o Bragantino chamou a atenção e após a partida, o técnico Léo Condé foi questionado sobre a atuação do jogador e sobre a possibilidade de manter o atleta atuando em sua posição de origem.

“A ideia é aproveitar o Carlos na posição dele, como zagueiro. Nada impede, até porque ele consegue fazer outras posições. Nos queremos fixar ele na defesa, porque eu enxergo que ele é um jogador que tem um futuro muito interessante na posição”, afirmou Condé.

Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

%d blogueiros gostam disto: