Após conquista do acesso, Pinho deixa futuro em aberto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

Contratado em novembro de 2017 para comandar o Leão do Norte na dura missão de sair da quarta divisão paulista, Pinho, cumpriu sua promessa e conquistou o acesso com o Comercial, o sétimo de sua carreira na divisão.

Passada a conquista e em meio as finais do campeonato, o treinador ainda não sabe se vai continuar no clube em 2019 e deixa no ar uma possível renovação.

UNIMED

“Eu gostaria de ficar, mas não sei se vou continuar. O futebol eu aprendi de pequeno que você precisa ter mudanças e motivação. Um ano de trabalho, um ano no comando, com várias dificuldades, vários problemas. Chega uma hora que você pensa, será que é o correto continuar? Será que o torcedor vai estar motivado novamente? Ainda não tem nada certo, não está decidido, não falei com a diretoria ainda. Vou falar com a diretoria, o que importa é o melhor para o Comercial e não para o Pinho”, contou o treinador.

+ Bastidores do acesso: Analista de desempenho faz diferença na campanha

Aos 73 anos de idade, Pinho é o treinador mais velho em atividade no país. Especialista em divisões de acesso é um dos nomes mais cobiçados pelos clubes que integram tais divisões. Antes mesmo de decidir o futuro, o treinador afirma já ter recebido propostas oficiais do Velo Clube e do Barretos.

O Barretos, inclusive, já anunciou o seu comandante para a próxima temporada. Paulinho Maclaren voltará ao clube após treinar a Francana na “bezinha”. Maclaren foi lançado por Pinho no futebol profissional quando o treinador comandava o Bandeirante.

Mesmo com futuro incerto, Pinho vai comandar o Leão do Norte nas finais do campeonato paulista contra o Primavera. O jogo de ida acontece no próximo sábado, às 15h, na cidade de Indaiatuba.

Foto: Leonardo Del Sant / WSports

 

 

Leia Mais