Artilheiro do Botafogo-SP na temporada, Rafael Costa se diz ansioso para a volta da Série B

Se tem uma coisa que o torcedor botafoguense pode se orgulhar é do poder ofensivo da equipe, principalmente nesta Série B. O titular da equipe, Rafael Costa, marcou 10 dos 27 gols do Pantera durante a temporada. Foram 7 no Paulistão – incluindo três contra o Santos – e mais 3 gols na Série B do Campeonato Brasileiro.

Com a equipe embalada, a pausa para a disputa da Copa América poderia fazer mal ao clube, mas o camisa 99 do Tricolor prefere enxergar a paralisação com olhos mais otimistas.

Tonin 500

“Eu acho que foi bom para todo o elenco. A gente vinha de uma sequência de jogos seguidos desde o Paulista e agora deu tempo de entrosar quem chegou, deu tempo do Cavalo conhecer todos mundo, o Emerson Buck aprimorar nossa parte física”, afirmou o atacante.

Mesmo pensando nos benefícios da parada para a competição Sul-Americana, Rafael admite que está ansioso para o retorno do Campeonato Brasileiro.

“Todos mundo está louco para jogar. Teve amistoso, mas não é a mesma coisa. A gente quer disputar campeonato, o calor da torcida, vencer, então todo mundo está ansioso para voltar o Brasileiro”, revelou o jogador.

Rafael Costa também fez questão de elogiar seu concorrente pela vaga no ataque do Pantera, o atacante Henan, que entrou em 7 dos 8 jogos disputados pelo Bota na Série B, marcando dois gols. Para Rafael, Henan pode ser seu companheiro no ataque tricolor.

“O Henan é um cara que está bem nos jogos e nos treinos, tem a confiança de todo mundo. Dá pra jogar os dois juntos. Apesar de ser a mesma posição, temos características diferentes, porque ele é um jogador que se movimenta bastante. No último jogo, contra o Figueirense, jogamos juntos e deu resultado, numa briga de bola dele, sobrou para eu fazer o gol. Mas escolhendo eu ou o Henan, o Botafogo está bem servido”, afirmou Rafael.

No último final de semana, o Pantera recebeu o Corinthians para um amistoso e venceu por 2 X 1. O camisa 99 ressaltou a moral que dá vencer uma equipe de Série A, mas frisou que, mais importante que o resultado, foi a boa partida feita pelo Pantera.

“Eu acho que o resultado em si contra o Corinthians, foi importante, mas o mais importante foi a postura do nosso time, que jogamos muito bem. Isso mostra que estamos no caminho certo, porque jogamos de igual para igual contra o Corinthians, um time da Série A”, destacou o camisa 99.

O próximo jogo do Pantera acontece no dia 13 de julho, contra o Brasil de Pelotas-RS, às 16h30, no Estádio Santa Cruz.

Foto: José Bazzo/Agência Botafogo

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: