Página Inicial Beleza Homens vaidosos . Uma realidade que vem garantindo bons negócios . Voce é vaidoso ?

Homens vaidosos . Uma realidade que vem garantindo bons negócios . Voce é vaidoso ?

Escrito porRedação Wsports 7 07America/Sao_Paulo setembro 07America/Sao_Paulo 2017

Que o Brasil está no topo da lista dos países que mais consomem produtos e serviços de beleza no planeta, todo mundo já sabe. Porém, o que antes era um hábito apenas do público feminino se tornou também um costume dos homens. Eles estão cada vez mais vaidosos e preocupados com o bem-estar.

Esta situação pode ser percebida dentro de casa, nas ruas, lojas e estabelecimentos de beleza. Além disso, este novo cenário também é representado em números. Estudo divulgado pela Euromonitor International, empresa que avalia o setor da beleza em 80 países, aponta que o mercado para o consumidor masculino está em crescimento no Brasil.


Em breve nosso país deve superar o atual líder no setor, os Estados Unidos. A pesquisa indica ainda que nos últimos cinco anos o público de beleza masculina dobrou e desde 2015 o setor movimentou cerca de R$ 20 bilhões na economia brasileira.

Entre estes consumidores está o gerente de uma clínica odontológica, Renan Schmitt, de 25 anos. Ele investe por mês cerca de R$ 100 com produtos e serviços para sua aparência, sem considerar os produtos que já tem em casa, como aparelhos de barbear.

“Preciso estar alinhado no trabalho. Estou em contato direto com pessoas e a imagem pode decidir alguns negócios. Cuido muito pela autoestima também. Acredito que todos gostam de se sentir bem”, afirma ele, que desde muito jovem cuida da aparência.
Nos últimos tempos, ele percebeu que a preocupação com a beleza entre o público masculino aumentou e deixou de ser considerado ‘tabu’. “Piadinhas sempre vão existir, mas nunca tive problema com isso.

A cabeça masculina abriu um pouco sobre esses dilemas também e com isso tudo mudou”. Entre os cuidados de Renan está a manutenção da barba sempre desenhada, retirada do excesso das sobrancelhas, depilação do peito e uso de pomada no cabelo.

Mercado de trabalho
A preocupação de estar em dia com a aparência, especialmente para o trabalho, como acontece com Renan, incentivou também a procura de profissionais na área por capacitação. O Senac em Curitiba, inclusive, abriu um curso na área.

Além da tradicional formação de barbeiro – que estava em baixa nos últimos anos e voltou a ser bastante procurada – a entidade abriu neste ano o curso de Consultoria de Imagem exclusivo para os cuidados da aparência masculina. A técnica em educação profissional e tecnológica do Senac, Lia de Freitas, conta que a turma foi criada para atender a demanda.

“É uma tendência, a preocupação dos homens aumentou em relação a isso. Em estar bem, se vestir adequadamente, principalmente para a profissão”, comenta Lia. A expectativa é que o número de matrículas aumente ainda mais. “Sentimos o aquecimento do mercado”, diz.

Público exigente
Com um mercado tão promissor, os estabelecimentos do setor de beleza traçam estratégias para atender a este público que procura por produtos e serviços de qualidade. O Sebrae divulgou um estudo de tendência especificamente sobre o assunto, em que apresentou o mercado masculino como “uma boa surpresa para o mercado de beleza e estética”.

De acordo com o Sebrae, os homens são “clientes fiéis, que gastam mais quando gostam do serviço e indicam o estabelecimento com boas recomendações à família e aos amigos.” Os serviços mais procurados são manutenção da barba e das unhas.

Conteúdo  – Mente Flutuante

Foto – Barbearia 9 De Julho-SP

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE