Bernie Ecclestone deixa cargo mais alto da Fórmula 1 após 40 anos

Após comandar a Fórmula 1 por 40 anos, Bernie Ecclestone não é mais o “chefão” da categoria automobilística. A notícia foi confirmada pelo próprio empresário ao site alemão “Automotor und Sport”.

“Eu fui demitido hoje. Apenas vou embora. É official. Eu não comando mais a companhia. Minha posição foi assumida por Chase Carey”, disse

Unimed 300X200

 > Curta a página do portal Wsports no Facebook e fique por dentro das notícias do esporte

Seu sucessor, Chase Carey, como o próprio Ecclestone revelou, é o presidente de uma empresa americana que recentemente assumiu o controle da Fórmula 1. Ross Brawn, ex-diretor-técnico da Ferrari e chefe de equipe da Mercedes, e Sean Bratche já foram anunciados como membros da novo diretoria.

Ecclestone continua como funcionário da Fórmula 1, agora com um cargo simbólico, mas aproveitou para desdenhar da nova função simbólica na categoria.

“Minha nova posição é como uma expressão americana. Um tipo de presidente honorário. Eu vou assumir essa posição sem saber o que significa”, comentou.

Foto: Greg Baker | AFP

Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: