Página Inicial Blog do Gabriel Palmeiras confirma favoritismo, Santos sonolento e Corinthians e São Paulo com problemas; análise da estreia dos paulistas no Brasileirão

Palmeiras confirma favoritismo, Santos sonolento e Corinthians e São Paulo com problemas; análise da estreia dos paulistas no Brasileirão

Escrito porGabriel de Faria 15 15America/Sao_Paulo Maio 15America/Sao_Paulo 2017
Corinthians

O Timão sentiu logo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro que terá muito trabalho com o atual elenco. O título do estadual, como muitas vezes acontece, pode ter iludido parte do torcedor em relação à força do plantel. A Chapecoense, que está longe de ser uma das forças no Brasileirão, deu trabalho quando quis jogar de igual para igual.

Carille vai precisar ajustar ou variar mais o seu esquema de jogo, ou terá que lidar com problemas dentro das quatro linhas cada vez com maior frequência.


Santos

O Santos começou o Campeonato Brasileiro 2017 do jeito que a torcida se acostumou em todas as últimas 11 estreias em nacionais: com derrota. Na partida contra o Fluminense no Maracanã, o time praiano foi derrotado por 3 a 2, a quarta derrota em doze estreias no Brasileirão desde 2006.

O número preocupa, já que a primeira rodada sempre está entre as mais importantes. O Santos, pela grandeza e com o fato de estar jogando com o time completo, deveria ter alcançado um resultado melhor, ou pelo menos ter jogado mais do que jogou, principalmente na primeira etapa.

Com a derrota, o Santos agora soma quatro derrotas e oito empates nas últimas 12 estreias. A última vez que venceu foi em 2005, contra o Paysandu, atuando em casa, por 4 a 1. (Veja os resultados abaixo).

2017 – Fluminense 3 x 2 Santos
2016 – Atlético-MG 1 x 0 Santos
2015 – Avaí 1 x 1 Santos
2014 – Santos 1 x 1 Sport
2013 – Santos 0 x 0 Flamengo
2012 – Bahia 0 x 0 Santos
2011 – Santos 1 x 1 Internacional
2010 – Botafogo 3 x 3 Santos
2009 – Grêmio 1 x 1 Santos
2008 – Flamengo 3 x 1 Santos
2007 – Sport 4 x 1 Santos
2006 – Goiás 0 x 0 Santos

 


 

Palmeiras

Mesmo sem fazer muita força o Palmeiras goleou o Vasco por 4 a 0, coincidentemente o mesmo placar de estreia no Brasileirão 2016, contra o Atlético-PR. A reestreia de Cuca não poderia ter sido melhor, já que o time teve outros pontos positivos além da vitória.

Em destaque Dudu, Jean e Tchê Tchê, grandes destaques do Verdão. Como são jogadores de confiança de Cuca, é bom ficar de olho no trio, que deve continuar como titulares até o fim do campeonato, que deve ter o Palmeiras brigando até o fim pelo segundo título seguido do nacional. Menção também para Borja, que não vinha bem sob o comando de Eduardo Baptista e marcou dois gols na vitória.

São Paulo

Apesar da falha individual de Maicon no gol solitário que deu a vitória ao Cruzeiro, a defesa do Tricolor foi bem. A surpresa foi colocar Militão como zagueiro, escalando o time em um 3-4-2-1. Mas, o ataque e o setor de criação são-paulino não deram conta de furar o bloqueio defensivo celeste.

O segundo tempo foi de maior posse de bola do São Paulo, mas faltou o principal: fazer gol. A derrota reforçou o que todos sabem: Rogério Ceni terá muito trabalho para arrumar o time até o fim da temporada.

Foto: Cesar Grecco | Ag. Palmeiras