Bota perde na Paraíba e larga atrás na briga pelo acesso

O Botafogo-SP largou atrás no primeiro jogo das quartas de final do campeonato brasileiro. O Pantera foi derrotado pelo xará paraibano com o placar de 1 a 0, no estádio Almeidão em João Pessoa. O gol dos donos da casa foi anotado pelo meio-campista Juninho.

A partida foi de dois tempos distintos. A primeira com boas chances de gols para os dois lados, já a segunda, com raras oportunidades e o gol do Botafogo-PB em jogada aérea.

Drogao 700×400

O nome da partida foi Tiago Cardoso. Não fosse a grande atuação do goleiro, que defendeu uma penalidade na primeira etapa, o Pantera poderia voltar para Ribeirão Preto com uma desvantagem maior. Saulo também foi fundamental e defendeu as melhores chances de gol do Bota.

Agora o Botafogo-SP precisa vencer no estádio Santa Cruz por uma vantagem de dois gols para garantir a classificação no tempo regulamentar. O próximo encontro entre os times será no próximo domingo, às 19h.

O Jogo

O primeiro tempo do jogo foi bastante movimentado e com chances claras de gols para ambos os lados. Os donos da casa assustaram primeiro. Aos 7 minutos, Clayton bateu de fora da área e Tiago Cardoso fez boa defesa.

+ CLIQUE AQUI – Leia mais notícias do Botafogo

Os chutes de fora da área, inclusive, foram uma marca do time paraibano na primeira etapa. Aos 10 minutos, Marcos Aurélio tentou surpreender e bateu de longe, mas Tiago Cardoso defendeu com tranquilidade.

O Pantera apostou nos contra-ataques e chegou pela primeira vez aos 15 minutos. Após jogada rápida, Felipe Augusto recebeu na entrada da área e bateu forte, exigindo boa defesa de Saulo.

Aos 25 minutos o juiz marcou pênalti de Plínio em Leandro Kivel. Marcos Aurélio bateu e Tiago Cardoso defendeu. No rebote, Marcos Aurélio bateu e Tiago Cardoso novamente fez milagre.

O jogo seguiu equilibrado e o Bota voltou a assustar aos 38 minutos. Marcos Martins cruzou na cabeça de Felipe Augusto, que testou bonito para grande defesa de Saulo.

Aos 43 minutos, Leandro Salino levou até o fundo e rolou para Felipe Augusto, que bateu em cima da zaga, perdendo boa oportunidade de abrir o placar no Almeidão.

+ CLIQUE AQUI – Leia mais notícias do Botafogo

A velocidade que sobrou na primeira etapa, não subiu para o segundo tempo. Com os times mais precavidos, o jogo ficou mais truncado no meio-campo e sem grandes investidas para ambos os lados.

Na primeira decida do time paraibano o gol saiu. Fabio Alves cruzou na área e Juninho testou livre entre os zagueiros para abrir o placar do jogo.

O técnico Léo Condé mexeu no time e tentou tornar o Botafogo mais ofensivo. Everton Santos entrou na vaga de Salino e Elder Santana no lugar de Pimentinha. As alterações não surtiram efeito e o Pantera pouco conseguiu chegar ao gol do xará paraibano.

Aos 43 minutos, Felipe Augusto arrancou pela ponta direita e bateu sem muita força para defesa tranquila do goleiro Saulo.

Aos 47 minutos, Felipe Augusto jogou na área e por muito pouco Caio Dantas não chega a tempo para completar para o gol, perdendo a última chance de gol da partida.

Com o resultado, o Botafogo-SP precisa vencer por dois gols de diferença no próximo domingo para garantir a classificação no tempo regulamentar.

Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: