Botafogo Futebol Clube e Botafogo S/A selam acordo de paz

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Na noite da última quinta-feira (12) aconteceu no estádio Santa Cruz a eleição para o Conselho Deliberativo do Botafogo Futebol Clube. O Dr. Hermenegildo, ilustre botafoguense, foi aclamado Presidente do Conselho. Enquanto isso, 39 novos conselheiros foram eleitos também.

Mas a melhor notícia do dia veio de São Paulo. Na capital paulista, durante a manhã, o Dr. Alexandre Bertolato e Virgílio Pires Martins, conselheiros indicados para representar o Botafogo Futebol Clube na Botafogo S/A, se reuniram com Adalberto Baptista, investidor do clube.

Gran Steak 500×300

A reunião foi bastante proveitosa e selou a paz, pelo menos por enquanto, entre Botafogo F.C. e S/A. Em entrevista ao Portal W Sports, Virgílio Pires Martins detalhou a reunião feita na capital paulista.

“Ele [Adalberto Baptista] aceitou todas as condições impostas pelo Botafogo para a parceria continuar, assumindo, inclusive, os valores do Reffis e do Ato Trabalhista”, revelou Martins.

Virgílio ainda afirmou que Baptista não ficará com os lucros das cadeiras cativas e nem da Pantera Shop, loja oficial do Botafogo. Além disso, o conselheiro botafoguense afirmou que tomará posse de seu cargo na Botafogo S/A no final do mês de janeiro, junto com Alexandre Bertolato.

Além deles, Claudio Santana também tomará posse de seu cargo, como conselheiro independente.

“Uma minuta será feita e entregue ao Adalberto e ao Conselho Deliberativo, para aprovação e apreciação. Se aprovada, um novo acordo será selado”, completou Virgílio Pires Martins.

Mas, se sobrava felicidade a Virgílio, o mesmo não poderia se dizer de Miguel Mauad, outro ilustre conselheiro do Pantera. Em entrevista ao Portal W Sports, Mauad disse que “é um absurdo que Virgílio e Bortolado ainda não tenham sido empossados como representantes do Botafogo F.C. na Botafogo S/A”.

Além disso, Mauad frisou que os torcedores e os conselheiros precisam estar atentos aos próximos acordos.

Mauad ainda lembrou: “No memorando de intenções enviado por Adalberto Baptista para o Botafogo, para a realização do acordo, em nenhum momento constava a construção de uma arena e que todo aporte referente a criação da Botafogo S/A seria utilizado no futebol”, disse Miguel Mauad.

Foto: Divulgação / Agência Botafogo

Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: