radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Botafogo perde para o Operário-PR pela última rodada da Série B 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Mais quatro clubes encerraram as suas participações na Série B 2020 nesta sexta-feira (29). Na 38ª e última rodada da competição, CRB e Operário-PR venceram seus jogos. O Galo recebeu o Cuiabá e triunfou por 4 a 1; por outro lado, o Fantasma bateu o Botafogo-SP fora de casa por 1 a 0. Confira os detalhes das partidas:

+ Veja a tabela completa da Série B!

Bodytech 300X200

CRB 4 x 1 Cuiabá

CRB somou três pontos na despedida da Série B 2020 ao golear o Cuiabá
Créditos: Reprodução/Twitter CRB

No estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), o CRB encerrou sua participação na edição de 2020 da Série B com vitória por 4 a 1 diante do Cuiabá. Wesley, Hyuri, Diego Torres e Carlos Jatobá fizeram os gols do Galo, que terminou a competição no décimo lugar, com 52 pontos. Jenison descontou para o Dourado que, apesar da derrota, pode comemorar os 61 pontos ganhos, o terceiro lugar na tabela e o acesso para o Brasileirão Assaí.

O CRB começou melhor no jogo e abriu o placar na primeira grande chance que teve. Aos cinco minutos, Wesley pegou sobra de cruzamento na entrada da área e bateu colocado no ângulo para anotar um belo gol. O Galo seguiu na pressão, e Diego Torres acertou a rede pelo lado de fora, aos 12. No entanto, o segundo dos alagoanos não demorou a aparecer. Aos 16, Hyuri recebeu na área, ganhou do marcador e tocou na saída de Matheus Nogueira com categoria. Em escanteio aos 25, Lucão ficou com a bola e quase fez o terceiro, mas rematou sobre a trave. Sem muita inspiração ofensiva na etapa inicial, o Cuiabá só chegou com algum perigo aos 38, em finalização de Felipe Ferreira que passou por cima do travessão.

Na segunda etapa, o Cuiabá voltou mais incisivo e teve boas chances com Nenê Bonilha e Felipe Marques nos primeiros instantes. Aos oito, Elton ficou cara a cara com o goleiro, mas Edson Mardden fez boa defesa e evitou o gol. Depois, o Alvirrubro equilibrou novamente as ações e balançou a rede: aos 25, Luiz Paulo tocou para Diego Torres, que bateu colocado da meia-lua e acertou o ângulo para fazer 3 a 0. Os mato-grossenses voltaram a atacar com Jenison, que levou perigo em chute de longe. Logo em seguida, Felipe Ferreira recebeu de Perdigão na pequena área e pegou de primeira, mas mandou por cima. Só que aos 33, Jenison apareceu de novo e descontou. Em finalização à esquerda da área, a bola desviou em Gum e entrou. Nos acréscimos, os alagoanos marcaram com Carlos Jatobá, que aproveitou cruzamento de Luidy e testou para fechar o placar: 4 a 1.

Botafogo-SP 0 x 1 Operário-PR

Operário-PR se despediu da Série B 2020 com vitória sobre o Botafogo-SP
Créditos: Thiago Calil/AGIF

Mesmo com um a menos durante parte do segundo tempo, o Operário-PR conseguiu vencer o Botafogo-SP fora de casa por 1 a 0 e se despediu da Série B 2020 com resultado positivo. O gol do jogo realizado no Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), foi marcado por Ricardo Bueno. A vitória fez o Fantasma terminar com 57 pontos. Por outro lado, o Pantera ficou com 34 e acabou rebaixado para a Série C.

A primeira etapa foi equilibrada. O Operário começou melhor, mas sem criar grandes chances até os 15 minutos, quando Rafael Oller tocou para Jean Carlo arriscar da meia-lua, mas Igor pegou. O Botafogo respondeu em tentativas de Dudu e Matheus Anjos que foram para fora. No entanto, o Pantera teve sua oportunidade mais clara aos 27: Matheus Índio recebeu na área e chutou rasteiro, mas parou em Thiago Braga. Depois do período de domínio dos donos da casa, o Fantasma voltou ao ataque. Aos 29, Fábio Alemão finalizou na direção da meta, mas Jordan cortou em cima da linha. Só que aos 37, o zagueiro saiu jogando errado e a bola chegou em Ricardo Bueno, que bateu forte da entrada da área e balançou a rede: 1 a 0. Na última chegada de perigo antes do intervalo, Rafael Oller quase ampliou ao bater cruzado, mas a finalização passou em frente ao gol.

Na etapa final, o Pantera quase fez o gol de empate aos quatro minutos: Matheus Anjos bateu escanteio certeiro e Walisson Maia cabeceou no canto, mas Thiago Braga alcançou o pé da trave e defendeu. Os donos da casa seguiram tentando atacar, mas sem muito sucesso. A situação dos paulistas ficou mais promissora a partir dos 26, quando Jiménez, do Operário, levou cartão vermelho após receber o segundo amarelo por puxão em Ronald. Mas apesar de ter se postado no ataque, o Botafogo-SP pouco assustou. A equipe de Ribeirão Preto chegou a balançar a rede aos 39 com Marlon, em chute forte da direita. Entretanto, ele estava em posição irregular e o lance foi anulado. Com dez em campo, o Fantasma segurou o resultado e saiu com a vitória.

Leia Mais

W Sports