Página Inicial Botafogo SP Bastos explica postura do Bota no último jogo e destaca importância de Marcão em campo

Bastos explica postura do Bota no último jogo e destaca importância de Marcão em campo

Escrito porGabriel de Faria 12 12America/Sao_Paulo Fevereiro 12America/Sao_Paulo 2017

A primeira vitória do Botafogo no Campeonato Paulista – triunfo sobre o Novorizontino por 2 a 1 na noite do último sábado – tirou a pressão dos jogadores botafoguenses, que precisavam da vitória para se recuperar do revés na estreia do estadual.

O meia Rafael Bastos, que abriu o placar no Santa Cruz, explicou a postura do time na partida, comemorando os três primeiros pontos do Pantera na Série A1.


“A gente queria isso, impor nosso ritmo. Fomos felizes com o gol depois é normal cair um pouco de rendimento, eles são um time de qualidade, tocaram bem a bola e tomamos sufoco, o que é normal. Mas voltamos para o segundo tempo com outra proposta e fizemos o segundo, mas tomamos um muito rápido. Se a gente não toma esse gol a gente poderia até ter feito o terceiro, mas o importante foi sair com a vitória”, disse ao programa Esporte Show.

O gol de Rafael Bastos saiu após boa jogada de Bileu e lindo corta luz de Marcão. Entrosados da época em que atuaram juntos no Figueirense, Bastos espera que a lesão que tirou o companheiro do jogo não seja grave.

“Eu gritei para ele deixar porque tinha certeza que ia fazer o gol, mas tenho certeza que a lesão dele não será grave porque é como eu falei, ele prende bem a bola, faz gols e dá assistência também”, completou.

Até o momento, o Botafogo lidera o Grupo A com três pontos. A equipe volta a campo nessa quarta-feira, às 19h30, contra a Ponte Preta, novamente no Santa Cruz.

Foto: Rogério Moroti | Ag. Botafogo