Página Inicial Botafogo SP Com 28 anos, Bruno Moraes significa nova filosofia nas contratações do Pantera

Com 28 anos, Bruno Moraes significa nova filosofia nas contratações do Pantera

Escrito porRedação Wsports 3 03America/Sao_Paulo dezembro 03America/Sao_Paulo 2017

O atacante Bruno Moraes, recém-contratado pelo Botafogo-SP, será o responsável por ser o homem gol do Tricolor no Paulistão 2018. Com 28 anos o atleta representa uma mudança de filosofia do clube de Ribeirão Preto em relação a contratação de jogadores para o ataque.

Desde 2011 o Botafogo só apostava em jogadores mais experientes para a posição de camisa 9. Para ser mais preciso, jogadores acima dos 30 anos eram os preferidos pela diretoria do clube.


O portal W Sports fez o levantamento de números destes veteranos vestindo a camisa 9 do Tricolor desde 2011. Alguns tiveram bons números, outros nem tanto.

Em 2011 a aposta do Pantera foi no atacante Anselmo, que naquela época tinha 31 anos. Com passagens por clubes como Avaí, Vasco e Criciúma, o jogador anotou 9 gols em 18 jogos no comando do ataque tricolor.

O nome de 2012 foi o experiente atacante André Dias, que também estava com 31 anos e possuía passagens por clubes como Cruzeiro, Santos, Paraná e Vasco. Em Ribeirão Preto o jogador não marcou gols nas 7 partidas em que esteve em campo. Rescindiu com o clube antes mesmo do término do Paulistão daquele ano.

A saga de Nunes no Botafogo começou em 2013. Em sua primeira passagem pelo Pantera, o já rodado atacante, anotou 7 gols em 17 jogos. Nesta ocasião Nunes já estava com 31 anos.

Marcelo Macedo foi a bola da vez em 2014. Antes de vir para o Botafogo-SP, o jogador estava atuando pelo Junior Barranquila da Colômbia. No tricolor em 15 jogos, Macedo anotou 5 gols.

No ano de 2015 o Botafogo apostou em veteranos para várias posições e no ataque o escolhido foi Zé Roberto que estava com 34 anos. Com ótima passagem pelo Botafogo-RJ e campeão brasileiro pelo Flamengo, a expectativa foi grande, mas não correspondida. Em 15 jogos, Zé anotou apenas 2 gols.

Campeão da Série D em 2015, Nunes não teve tanta sorte em seu segundo Paulistão pelo Botafogo-SP. Em 2016 o jogador atuou em 9 partidas sem marcar nenhum gol.

Neste ano a aposta foi em Marcão. Rodado, com passagens marcantes por Figueirense e Atlético Goianiense a expectativa também foi alta. Porém em 11 jogos o jogador de 32 anos, anotou apenas 2 gols.

Nos últimos anos a aposta em veteranos não foi positiva. Nenhum dos nomes que chegaram, corresponderam de fato a expectativa criada e não fizeram valer os altos salários que receberam aqui. Bruno Moraes chega num momento diferente da carreira, onde ainda pode ter mais alguns anos atuando em alto nível.

Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press