Página Inicial Botafogo SP Com gols de estreante e de Isaac Prado nos acréscimos, Botafogo arranca empate contra o Bragantino na Série C

Com gols de estreante e de Isaac Prado nos acréscimos, Botafogo arranca empate contra o Bragantino na Série C

Escrito porGabriel de Faria 13 13America/Sao_Paulo Maio 13America/Sao_Paulo 2017

       
BRAGANTINO 2 X 2 BOTAFOGO

A estreia poderia ter sido melhor, se o Botafogo tivesse mantido o ritmo da primeira etapa no tempo complementar, mas o Pantera ficou no 2 a 2 com o Bragantino, fora de casa. Gerley marcou para o Fogão, enquanto Vitor anotou duas vezes virando a partida em Bragança. Isaac, que entrou na segunda etapa, empatou e deu números finais ao confronto.
O Botafogo volta a campo no próximo sábado, às 19h, contra o Mogi Mirim, em sua estreia dentro de casa pela Série C do Campeonato Brasileiro.
O Jogo
O Botafogo foi superior na primeira etapa, apesar do empate. Logo aos oito minutos, Mateus Cancian chutou de fora da área, obrigando boa defesa do goleiro do Braga. Logo no lance seguinte, o camisa oito colocou na área e Edno cabeceou forte, obrigando mais uma boa defesa do camisa um adversário.
Dois minutos mais tarde, Gerley fez boa tabela com Vitinho e chutou cruzado, abrindo o placar para o Botafogo, marcando logo em sua estreia.
Aos 22, a resposta do Bragantino. Em chute de fora da área, a bola desviou na marcação e obrigou Neneca a fazer boa defesa. Cinco minutos mais tarde, Vitor chutou de fora da área, a bola passou entre as pernas de Caio Ruan e morreu no cantinho do gol defendido por Neneca, empatando a partida.
Aos 34, ótima oportunidade desperdiçada pelo Pantera. Edno deixou Vitinho na cara do gol, em vez de chutar o camisa sete preferiu o passe para Pituca, mas a defesa do Bragantino afastou. Edno ainda tentou no rebote, mas chutou para fora. Com 37, Caio Ruan ficou cara a cara com o goleiro do Braga, mas chutou para fora, na rede pelo lado de fora.
Na segunda etapa o Massa Bruta voltou melhor. Wellington, pela esquerda, chutou forte e Neneca fez boa defesa, jogando para escanteio. Aos 15, o Bota respondeu. Morais chegou pela esquerda, mas cruzou muito fechado, facilitando a defesa do goleiro.
O Bragantino teve outra boa descida. Aos 30 minutos, Vitor recebeu bola de Wellington na esquerda, mas chutou por cima do gol de Neneca, sem perigo. Seis minutos mais tarde, Wellington fez jogada individual e dentro da área foi derrubado por Caio Ruan, e o juiz marcou pênalti.
O camisa sete Vitor bateu bem, Neneca acertou o canto, mas em vão. Foi o gol da virada dos donos da casa.
Aos 46, Gerley deu ótimo passe de peito para Isaac, que foi derrubado na área. O próprio atacante chamou a responsabilidade e bateu a cobrança bem, deslocando o goleiro e empatando a partida em Bragança Paulista.

Foto: Rogério Moroti | Ag. Botafogo