Página Inicial Botafogo SP Filosofia Condé: Comandante do Botafogo-SP aposta em velhos conhecidos para 2018

Filosofia Condé: Comandante do Botafogo-SP aposta em velhos conhecidos para 2018

Escrito porRedação Wsports 7 07America/Sao_Paulo dezembro 07America/Sao_Paulo 2017

Escolhido a dedo para ser o comandante do Botafogo-SP no ano de seu centenário, Léo Condé, já começa a implantar sua filosofia de trabalho no clube de Ribeirão Preto. A montagem do elenco está sendo feita com participação direta do treinador. Prova disso é a contratação de atletas que já trabalharam com o treinador em outras oportunidades.

Até o momento, o Tricolor anunciou oficialmente três reforços, dos quais, dois já trabalharam com o treinador. Além dos atletas que já estão contratados, outros jogadores já são nomes praticamente certos no Pantera, e nesta lista constam mais dois atletas que já foram jogadores de Condé.


Plínio, Serginho e Diego Tavares trabalharam com o técnico na histórica campanha do vice-campeonato mineiro pela Caldense. Na ocasião o time levou apenas quatro gols em toda a primeira fase da competição e obteve apenas uma derrota durante todo o campeonato, para o Atlético Mineiro na final do torneio.

O zagueiro Plínio também jogou no Sampaio Corrêa, onde trabalhou ao lado do técnico, e juntos participaram da melhor campanha da história do clube na Série B do Brasileiro. Serginho também foi jogador de Condé na ótima campanha do Bragantino na A-2 do paulista em 2016, apesar de não ter conseguido o acesso, o trabalho foi bem destacado.

O lateral-direito Marcos Martins, que estava no CRB-AL há dois anos deve chegar ao Tricolor para a próxima temporada. Ele também é conhecido de Condé, onde foram campeões do campeonato alagoano em 2017.

A contratação de jogadores que já conheçam o estilo de jogo do técnico pode ser um fator importante para o entrosamento do time, já que o tempo de trabalho é reduzido devido ao calendário apertado de 2018.

O Tricolor estreia na competição no dia (17) de janeiro, contra o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

 

Foto: Rogério Moroti/ Agência Botafogo