Botafogo-SP dará a última chance para o volante Denílson

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

A nova diretoria do Botafogo toma posse oficialmente nesta quarta-feira (17), quando chega ao fim o mandato de Gerson Engracia Garcia. Na última segunda-feira (15), o novo vice-presidente do Pantera, Osvaldo Festucci, deu entrevista coletiva à imprensa e, em outros assuntos, homem forte do futebol tricolor falou sobre o volante Denílson.

O volante foi a primeira contratação anunciada pelo Pantera, e chegou com moral ao clube. Com passagens por São Paulo, Cruzeiro e Arsenal-ING, muitos viam no camisa 15 a possibilidade de se tornar um ídolo atual do Botafogo. Mas, o jogador que não disputava uma partida oficial há quase 3 anos, se tornou um problema para a diretoria e comissão técnica. Acumulando lesões, o jogador não atuou nem por 20 minutos no Paulistão.

Tonin 500

Outros episódios mancharam sua imagem com os torcedores botafoguenses. Uma discussão com um torcedor via redes sociais, xingando e chamando para as vias de fato, chamou a atenção e estremeceu a relação de Denílson com a torcida. Além disso, na segunda partida das quartas de final do Troféu Interior, contra o Oeste, em Barueri, o camisa 15, que seria titular na partida, disse ao técnico Roberto Cavalo que não estava pronto para atuar.

Osvaldo Festucci lembrou que o clube está sofrendo com a falta de volantes no elenco. Diones e Evandro deixaram Santa Cruz após o término de seus contratos e Willian Oliveira está contundido. No atual plantel, o treinador Roberto Cavalo só conta com Denílson e Marlon Freitas na posição. O vice-presidente, então, deu um ultimato no camisa 15.

“Todo e qualquer atleta que não render, que não estiver à altura do glorioso, pode ter certeza que em Ribeirão Preto não vai ficar. O Denílson vai ter a chance dele, que ele já teve há alguns dias atrás. Acho que poderia ter aproveitado. Se não tem condições de jogar 90 minutos, que jogue 15 ou 20, mas que nos ajude”, disse o vice-presidente.

“Não estou dizendo que ele vai ser demitido amanhã. Eu estou dizendo que o jogador tem que estar sempre pronto para contribuir. Ele teve essa chance na última partida e por algum motivo isso não ocorreu. Ele vai ter a chance dele, e vai ter que mostrar dentro dentro de campo se tem condição de ficar. Não existe prazo, mas ele vai ter essa chance nos próximo dias pela nossa situação. Ele é merecedor dessa chance. Ele tem que mostrar aquilo que já mostrou no São Paulo, na Europa, onde ele atuou muito bem. Bola ele tem, mas, seja ele ou qualquer outro, vai ter que mostrar dentro do campo. E nós não temos muito tempo. O tempo é curto e os resultados têm que aparecer a curto prazo”, completou Festucci.

A chance de Denílson pode ser no dia 27 de abril, quando o Pantera estreia na Série B do Campeonato Brasileiro , contra o Vitória-BA, em Ribeirão Preto.

Todas as informações do Pantera você confere no Programa WSports News, exibido todos os dias no Canal 9 NET – TVRP, às 19h. E ao vivo no Facebook e Youtube, às 18h.

E agora você pode fazer parte do nosso time! Mande seu vídeo para o nosso WhatsApp (16) 99153-0556, e seja o nosso comentarista. Mandando sua mensagem você ainda concorre a prêmios exclusivos! Lembrando que os vídeos devem ser na horizontal e devem ter, no máximo, 40 segundos.

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300

Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: