Botafogo-SP, Floresta, Figueirense e Atlético-CE triunfam pela Série C

Mais cinco jogos deram sequência à 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro durante este domingo (31). Destaque para os triunfos de Botafogo-SP, Floresta-CE, Figueirense-SC e Atlético-CE. Enquanto paulistas e catarinenses brigam por uma vaga na próxima fase, as equipes cearenses seguem firmes na corrida para fugir do rebaixamento. Confira os detalhes das partidas:

+Confira a tabela da Série C!

Botafogo-SP 2 x 1 Volta Redonda-RJ 
Mandante da partida, o Botafogo foi mais perigoso no primeiro tempo e conseguiu descer para o intervalo vencendo por 1 a 0. Antes da rede balançar em Ribeirão Preto (SP), a equipe paulista já havia dado trabalho aos adversários com Delgado e Gustavo Xuxa. Até que, aos 24, a dupla do time da casa voltou a aparecer. Delgado foi derrubado na área. Pênalti para o Pantera. E com a bola na marca da cal, Xuxa abriu a contagem. Depois do gol, o Voltaço apareceu mais no ataque e teve chances de empatar a partida com Marcos Júnior e Pedrinho. No segundo tempo, o Botafogo quase ampliou a vantagem logo aos quatro minutos, em arremate de Jean Victor, que parou no goleiro adversário e, no rebote, Xuxa mandou para fora. Aos 22, o camisa 10 do Pantera se redimiu da chance perdida e deu um passe açucarado para Fillipe Soutto fazer 2 a 0. Nos minutos finais, Matheus Alessandro descontou para o Volta Redonda, mas a reação parou por aí. 

Com o triunfo diante de um adversário direto dentro do G-8, o Botafogo chegou aos mesmo 26 pontos do Esquadrão de Aço. Enquanto a equipe paulista aparece na sétima posição, o Volta Redonda ocupa o sexto lugar.

Floresta-CE 2 x 1 Brasil-RS 
Brigando na parte debaixo da tabela, as equipes fizeram um primeiro tempo bem disputado no Presidente Vargas. Na melhor oportunidade do time da casa, Raphael Luz balançou as redes, aos 22, mas teve o gol anulado por impedimento. A resposta do Xavante foi rápida e certeira. Dois minutos depois, Gabriel Araújo fez o cruzamento na medida para o xará Gabriel Peres abrir a contagem: 1 a 0. Em desvantagem, o Floresta foi para cima, apostando principalmente nas jogadas pelo alto, mas não conseguiu levar o empate para o segundo tempo. Na volta do intervalo, o Brasil-RS teve a chance do segundo com Marcelinho, aos 13, mas Marcão evitou o gol. Depois do susto, o Verdão tomou as rédeas do jogo e chegou a virada num intervalo de quatro minutos. Aos 28, Jô Almeida recebeu passe em profundidade e soltou o pé para deixar tudo igual. E, aos 32, Alason fez o cruzamento e na tentativa de afastar o perigo Gabriel Peres mandou contra a própria meta: 2 a 1. 

A vitória tira o Floresta do Z-4, o time cearense soma agora 19 pontos. Enquanto Xavante tem 14 e segue na lanterna. 

Vitória-BA 2 x 2 ABC-RN
O primeiro tempo começou em ritmo acelerado no Barradão. Logo aos seis minutos, Lazaroni fez o cruzamento na medida para Tréllez colocar o time da casa na frente. No entanto, a vantagem rubro-negro durou pouco, porque, aos 11, Fábio Lima invadiu a área e bateu na saída do goleiro para empatar a partida para o ABC. Na marca dos 23, Wesley quase virou o jogo para os visitantes, mas parou em Dalton. A resposta do Vitória quase veio com Alan Pedro, mas o camisa 11 sofreu falta dentro da área. Com a bola na marca da cal, Tréllez recolocou a equipe baiana na dianteira, aos 34. Na volta do intervalo, o ABC pressionou o time da casa no início do segundo tempo. Wallyson, aos quatro, carimbou o poste. Mas, aos dez, Erick Varão acertou o alvo e deixou tudo igual mais uma vez. Tentando retomar o controle do placar, o Leão foi para cima nos minutos finais. Alan Santos passou perto, enquanto Zé Vitor e Dinei viram o goleiro Pedro Paulo segurar o empate. 

Com o resultado, o Vitória chegou aos 23 pontos e aparece na décima posição. Já o ABC é o quarto colocado, com 28 pontos.  

Figueirense-SC 3 x 2 São José-RS
Lutando pelo G-8, catarinenses e gaúchos protagonizaram 45 minutos de tirar o fôlego no Orlando Scarpelli, com direito a virada e nada menos do que cinco gols. O primeiro foi do time visitante e saiu na marca dos 11 minutos, em finalização de Sillas. Mas num intervalo de sete minutos, o Figueirense tomou a dianteira. Aos 24, Léo Artur arriscou de fora da área para deixar tudo igual. E, aos 31, Andrew aproveitou uma sobra, após cobrança de escanteio, para fazer 2 a 1. Os dois gols não desanimaram o Zeca e, cinco minutos depois, Sillas voltou a empatar a partida. Só que já nos acréscimos, Jean Silva recolocou os mandantes na frente: 3 a 2. Depois do intervalo, o São José foi para cima do time da casa em busca do empate e apesar de criar algumas oportunidades claras para empatar a partida, o placar permaneceu inalterado até o apito final. 

O triunfo deixa o Figueirense na terceira posição, com 29 pontos, a equipe catarinense caminha a passos largos para classificação. Já o São José é o nono colocado, com 23 pontos, e segue na briga pela vaga na segunda fase. 

Aparecidense-GO 1 x 3 Atlético-CE
Jogando em casa, o Camaleão teve maior domínio do jogo no primeiro tempo, mas viu o Atlético abrir a contagem com Vanderlan, aos 35 minutos. Sem se desesperar com o gol sofrido, a Aparecidense precisou de apenas nove minutos para igualar o marcador. Depois de cruzamento na medida de Cardoso, Alex Henrique foi no segundo andar e testou firme para o fundo das redes. Na volta do intervalo, o Camaleão até teve a primeira chance da etapa complementar novamente com Alex Henrique. Mas foi a equipe cearense que chegou ao segundo gol. Na marca dos 22, após bola alçada na área, Vanderlan marcou mais um e recolocou o Atlético na frente. Tentando a reação mais uma vez, os donos da casa partiram para o ataque. Só que, aos 36, a Águia tramou mais uma boa jogada e Quixadá deu números finais ao duelo disputado no Aníbal Batista de Toledo.

Com a vitória fora de casa, o Atlético-CE ganhou fôlego na briga contra o rebaixamento, a equipe soma agora 19 pontos e aparece na 17ª posição. Já a Aparecidense caiu para o oitavo lugar, com 25 pontos.

Foto Ag Botafogo

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario