radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Goleadas marcam histórico entre Vasco e São Paulo no Brasileirão Assaí. Confira os confrontos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

As goleadas são, sem dúvidas, um dos maiores espetáculos que o futebol proporciona. Ao longo da história do Campeonato Brasileiro, Vasco e São Paulo algumas das mais memoráveis. Independente do vencedor, o confronto entre as duas equipes costuma resultar em um jogo de muitas bolas na rede. No domingo, às 16h, eles ficarão cara a cara mais uma vez, em São Januário, pela terceira rodada o Brasileirão Assaí 2020.

Foi justamente em São Januário o placar com maior diferença no confronto. Em 2001, com show de Romário, o Vasco derrotou o São Paulo por 7 a 1. Mas de lá pra cá, quem tem levado a melhor é o Tricolor. Nesse intervalo, foram duas vitórias por 4 a 0 e uma por 5 a 1. A última goleada do confronto último foi em 2015. Hoje no São Paulo, Alexandre Pato foi autor de um dos gols do time naquela partida. 

Bodytech 300X200

Relembre algumas das goleadas entre Vasco e São Paulo na história do Brasileirão.

Goleadas nos confrontos entre Vasco e São Paulo ao longo do BrasileirãoGoleadas nos confrontos entre Vasco e São Paulo ao longo do Brasileirão
Créditos: Thais Magalhães

VASCO 0 x 4 SÃO PAULO (2015)

Na 12ª rodada do Brasileirão de 2015, São Paulo e Vasco se enfrentaram no Mané Garrincha, em Brasília, com mando dos cariocas. Depois de quatro rodadas sem vencer, o São Paulo quebrou o jejum em grande estilo, com gols de Pato, Michel Bastos, Wesley e Boschilia. A derrota afundou ainda mais o Vasco na tabela. Naquele mesmo ano, o Cruzmaltino seria rebaixado para a Série B.

SÃO PAULO 5 X 1 VASCO (2013)

Na segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2013, São Paulo e Vasco se enfrentaram no Morumbi. O placar só foi aberto no segundo tempo, com um chute forte do Luis Fabiano. Mas os gols seguintes não tardaram a sair. O Fabuloso marcou mais duas vezes, garantindo um hat-trick. O placar foi completo por Aloísio e Luan (contra). Dakson descontou para o Vasco.

SÃO PAULO 4 X 0 VASCO (2008)

Bicampeão nacional, o São Paulo estava embalado em busca de seu terceiro título consecutivo. Já o Vasco encarava a dura realidade da luta contra o rebaixamento. Os momentos opostos que os dois times viviam acabou refletido no placar. O atacante André Lima fazia sua estreia pelo Tricolor e balançou as redes duas vezes, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o goleiro Rogério Ceni também marcou dois gols: um de falta e um de pênalti.

SÃO PAULO 5 X 1 VASCO (2006)

No ano do primeiro título do tricampeonato tricolor, o São Paulo também goleou o Vasco.  Em um placar construído sem gol de atacantes, o Tricolor impôs mais um 5 a 1 perante o Cruzmaltino. Os paulistas abriram o placar com Andrade, contra. Depois, foi a vez do meia-campista Danilo marcar de cabeça, seguido dos zagueiros Fabão e Miranda. Rogério Ceni fechou a goleada com um gol de falta. O Vasco diminuiu com Leandro Amaral.

VASCO 7 X 1 SÃO PAULO (2001)

Em 2001, o Vasco aplicou a maior goleada deste clássico nacional até hoje. Defendendo o título, o Cruzmaltino ocupava apenas o 12° lugar na tabela. O São Paulo vivia um momento melhor, na 6ª colocação. Mas o Vasco ainda mantinha parte do elenco campeão e reunia um time muito talentoso. Logo no começo do jogo, Rogério Ceni defendeu uma cabeçada de Euller fora da área e foi expulso, cedendo lugar a Alencar. Minutos depois, o substituto falhou em chute de Gilberto, que abriu o placar. No final da primeira etapa, Euller anotou o dele, ampliando para o Vasco. Na volta do intervalo, foi a vez de Romário dar um show particular. O Baixinho marcou três vezes e ainda deu a assistência para o gol de Léo Lima. Dedé foi o autor do sétimo, enquanto França fez o gol de honra do São Paulo, aos 44 minutos do segundo tempo.

VASCO 3 X 0 SÃO PAULO (1992)

Na última rodada da fase final do Campeonato Brasileiro de 1992, Vasco e São Paulo se enfrentaram em São Januário em busca de uma vaga na grande decisão. A situação era mais tranquila para o Tricolor Paulista que precisava apenas vencer a partida. Já o Cruzmaltino, além da vitória, precisava que o rival Flamengo não vencesse o Santos, no Maracanã. O Vasco não sentiu dificuldades de fazer a sua parte e, com gols de Bebeto, Edmundo e Bismarck derrotou o São Paulo apático que tinha Raí, Cafu, Müller e Zetti, personagens do tetracampeonato do Brasil dois anos mais tarde. Mas o Rubro-Negro também não vacilou na sua partida e o Cruzmaltino acabou ficando no meio do caminho.

Goleadas nos confrontos entre Vasco e São Paulo ao longo do Brasileirão
Créditos: Thais Magalhães / CBF

Leia Mais

W Sports