Ceni elogia time, mas lamenta: “Espero que a bola entre no próximo jogo”

Ceni elogia time, mas lamenta: “Espero que a bola entre no próximo jogo”

Técnico do São Paulo gostou da consistência do time, mas diz que Tricolor não está “matando o jogo”

Ao contrário das dezenas de torcedores que protestaram em frente ao Morumbi, o técnico Rogério Ceni não viu uma partida ruim do São Paulo no empate com o Fluminense, por 1 a 1, no Morumbi, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Com um sistema (4-3-3) mais ofensivo em relação às últimas partidas, o São Paulo até começou melhor e abriu o placar logo aos seis minutos de jogo, com Jucilei, que marcou o seu primeiro gol com a camisa tricolor em 24 partidas disputadas.

Novo Shopping 300X200

No entanto, o time recuou, sofreu pressão e poderia ter sofrido o empate ainda no primeiro tempo se não fossem as grandes defesas de Renan Ribeiro, que não conseguiu defender o potente chute de Wendel no início da etapa final.

“Foi um jogo bem parelho, com finalizações dos dois lados, mas o Fluminense finalizou mais no gol e o Renan defendeu. Fluminense cresceu na metade do primeiro tempo, mas dominamos no segundo e não conseguimos criar chances claras. Mudamos o sistema para ter mais gente próxima do Pratto. Saímos vencendo e cedemos o empate. Trabalhamos muito as finalizações, espero que no próximo jogo as bolas entrem e vençamos”, avaliou.

[the_ad id=”56118″]

Poucos pontos

Em dez rodadas disputadas, o São Paulo somou apenas 11 pontos, flertando perigosamente com a zona de rebaixamento. Neste domingo, chegou a cinco jogos seguidos sem vencer. Minimizando os resultados recentes, o treinador disse que a equipe vem apresentando um futebol capaz de enfrentar qualquer outro concorrente na competição.

“O time é coletivamente consistente. Jogamos dez partidas e pior derrota foi por um gol de diferença fora de casa, jogos em que poderíamos ter vencido ou empatado. Estamos jogando muito parelho com a maioria dos times, mas não estamos conseguindo fazer o gol fora. Só que temos consistência, diminuiu o número de gols sofridos, jogando de igual para igual com Palmeiras e Atlético-MG, a diferença é que sofremos com equipes menores. Mas jogamos parelho com todos, sem nenhuma derrota vergonhosa”, explicou-se.

Na avaliação do comandante tricolor, está faltando à equipe tranquilidade para liquidar com as partidas. “A gente trabalha, luta, desenvolve treinos cada vez melhores e jogadores se empenham, mas Fluminense também tem bons jogadores e não estamos aproveitando nossos momentos de superioridade para matar o jogo e ter tranquilidade, estamos sempre no 1 a 0, contra ou a favor. Não falta aplicação, é uma pena que os resultados não sejam como no começo do Brasileiro, quando vencemos dois dos três primeiros jogos”, encerrou.

Cada vez mais pressionado, o São Paulo folga nesta segunda-feira e volta aos trabalhos nesta terça à tarde, quando começa a preparação para o duelo contra o Flamengo, domingo, às 16 horas (de Brasília), na Ilha do Urubu. Passadas 10 rodadas, a equipe paulista ocupa o 16º lugar do torneio, com 11 pontos, flertando perigosamente com a zona de rebaixamento.

 Foto: Rubens Chiri | Saopaulofc.net

Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
Novo Shopping 500×300
%d blogueiros gostam disto: