Com 28 anos, Bruno Moraes significa nova filosofia nas contratações do Pantera

O atacante Bruno Moraes, recém-contratado pelo Botafogo-SP, será o responsável por ser o homem gol do Tricolor no Paulistão 2018. Com 28 anos o atleta representa uma mudança de filosofia do clube de Ribeirão Preto em relação a contratação de jogadores para o ataque.

Desde 2011 o Botafogo só apostava em jogadores mais experientes para a posição de camisa 9. Para ser mais preciso, jogadores acima dos 30 anos eram os preferidos pela diretoria do clube.

Coxilha dos Pampas 300X200

O portal W Sports fez o levantamento de números destes veteranos vestindo a camisa 9 do Tricolor desde 2011. Alguns tiveram bons números, outros nem tanto.

Em 2011 a aposta do Pantera foi no atacante Anselmo, que naquela época tinha 31 anos. Com passagens por clubes como Avaí, Vasco e Criciúma, o jogador anotou 9 gols em 18 jogos no comando do ataque tricolor.

O nome de 2012 foi o experiente atacante André Dias, que também estava com 31 anos e possuía passagens por clubes como Cruzeiro, Santos, Paraná e Vasco. Em Ribeirão Preto o jogador não marcou gols nas 7 partidas em que esteve em campo. Rescindiu com o clube antes mesmo do término do Paulistão daquele ano.

A saga de Nunes no Botafogo começou em 2013. Em sua primeira passagem pelo Pantera, o já rodado atacante, anotou 7 gols em 17 jogos. Nesta ocasião Nunes já estava com 31 anos.

Marcelo Macedo foi a bola da vez em 2014. Antes de vir para o Botafogo-SP, o jogador estava atuando pelo Junior Barranquila da Colômbia. No tricolor em 15 jogos, Macedo anotou 5 gols.

No ano de 2015 o Botafogo apostou em veteranos para várias posições e no ataque o escolhido foi Zé Roberto que estava com 34 anos. Com ótima passagem pelo Botafogo-RJ e campeão brasileiro pelo Flamengo, a expectativa foi grande, mas não correspondida. Em 15 jogos, Zé anotou apenas 2 gols.

Campeão da Série D em 2015, Nunes não teve tanta sorte em seu segundo Paulistão pelo Botafogo-SP. Em 2016 o jogador atuou em 9 partidas sem marcar nenhum gol.

Neste ano a aposta foi em Marcão. Rodado, com passagens marcantes por Figueirense e Atlético Goianiense a expectativa também foi alta. Porém em 11 jogos o jogador de 32 anos, anotou apenas 2 gols.

Nos últimos anos a aposta em veteranos não foi positiva. Nenhum dos nomes que chegaram, corresponderam de fato a expectativa criada e não fizeram valer os altos salários que receberam aqui. Bruno Moraes chega num momento diferente da carreira, onde ainda pode ter mais alguns anos atuando em alto nível.

Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Drogao 500×300
Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: