Com auxílio do VAR, Flamengo derrota o Corinthians mais uma vez e avança na Copa do Brasil

O Corinthians foi superado pelo Flamengo nas quartas de final da Copa do Brasil com gol de Rodrigo Caio aos 40 minutos do segundo tempo, e deu adeus à competição nacional nesta terça-feira (4), no Maracanã. O primeiro jogo, na Arena Corinthians, também havia sido 1 a 0 para o clube carioca, que ficou com a classificação às quartas de final.

Os confrontos da próxima fase da Copa do Brasil ainda dependem do sorteio na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Corinthians, campeão paulista, conheceu a sua primeira eliminação na temporada, mas segue vivo no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana.

Tonin 500

Em jogo eletrizante no Rio de Janeiro, o Flamengo quase abriu o placar com apenas seis minutos. Manoel vacilou e a bola ficou com Gabriel, que tentou driblar Danilo Avelar e acabou deixando a bola nas mãos de Cássio. Mais tarde, aos 15, Clayson recebeu na esquerda, carregou pelo meio e bateu bonito, mas mandou pra fora.

Em seguida, duas grandes chances do Corinthians saíram em finalizações de fora da grande área. Primeiro com Sornoza em cobrança de falta pela esquerda, a bola pegou muita curva e exigiu grande defesa de Diego Alves, aos 33. Depois, com 35, foi a vez de Ralf arriscar a finalização de longe, a bola bateu no travessão e quicou praticamente em cima da linha.

O Flamengo conseguiu responder aos 43 minutos, quando Diego acertou um lindo cruzamento para Everton Ribeiro, que apareceu no segundo pau, ganhou de Danilo Avelar pelo alto e testou firme, mas Cássio fez mais uma grande defesa.

Precisando do resultado, o Corinthians voltou com uma postura ainda mais ofensiva para o segundo tempo. Carille soltou os jogadores de meio de campo e a estratégia quase deu certo aos nove minutos. Em bela trama no campo de ataque, Jadson deixou com Michel Macedo, que mandou para Vagner Love finalizar para grande defesa de Diego Alves.

Empurrado pela sua torcida, o Flamengo tentou responder aos 14 minutos, com Bruno Henrique. Everton Ribeiro cruzou para a área e Bruno Henrique sobiu bonito para testar, mas a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo. Carille foi para o ‘tudo ou nada’: o técnico tirou Sornoza e colocou Gustavo e depois Boselli no lugar de Júnior Urso.

O Corinthians pressionou e chegou com perigo aos 34, em finalização firme de Michel Macedo. No final do jogo, aos 40 minutos, Rodrigo Caio recebeu cruzamento de Everton Ribeiro e, em posição legal, mandou para as redes. O assistente assinalou impedimento, mas o árbitro Leandro Vuaden validou o tento com o auxílio do VAR.

Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: