radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Com Felipão, Verdão chega à sua melhor série de vitórias fora de casa na Liberta

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Um feito histórico veio como consequência do duelo disputado entre Colo-Colo-CHI e Palmeiras, na noite desta quinta-feira (20), pelo jogo de ida das quartas de final da Conmebol Libertadores. Hoje com cinco vitórias nos últimos cinco jogos pela Libertadores como visitante, o Verdão alcançou a melhor série de triunfos fora de seus domínios na competição continental em todos os tempos.

Com Felipão no comando, o time alviverde superou os quatro resultados positivos emplacados em sequência durante a disputa da campanha de 1971, feito este atingido pelo time da Segunda Academia palmeirense, dirigido pelo técnico Rubens Minelli.

Gran Steak 500×300

A sequência atual, de cinco vitórias fora de casa consecutivas no Continental, refere-se aos jogos diante do Júnior Barranquilla-COL (3 a 0), Boca Juniors-ARG (2 a 0), Alianza Lima-PER (3 a 1), Cerro Porteño-PAR (2 a 0) e, agora, Colo-Colo-CHI (2 a 0). No entanto, vale ressaltar que este é um recorde construído a quatro mãos, pois, os três primeiros duelos desta série de cinco vitórias foram sob o comando do então técnico Roger Machado.

Já a sequência de quatro jogos de 1971 foi por inteira comandada por Rubens Minelli. À época, na Libertadores de 1971, o Verdão venceu fora de casa, respectivamente, Deportivo Galícia-VEN, por 3 a 2, o Petare FC (antigo Deportivo Italia)-VEN, por 3 a 2, o Fluminense-RJ, por 3 a 1, e o Universitário-PER, por 2 a 1.

Os números impressionantes de Luiz Felipe Scolari no Continental não param por aí. Ele é o treinador que por mais vezes esteve à frente do time em jogos de Libertadores, agora com 31 partidas, que mais venceu, 16 triunfos, e que dirigiu o Alviverde em sua única conquista da competição: em 1999, diante do Deportivo Cali-COL, nos pênaltis, em duelo disputado no antigo Palestra Italia.

Além da própria Libertadores de 1999, apenas pelo Palmeiras, o treinador de 69 anos tem no currículo as Copas do Brasil de 1998 e de 2012, a Copa Mercosul de 1998 e o Torneio Rio-São Paulo de 2000 ao longo de suas três passagens pelo clube (1997 a 2000, 2010 a 2012 e a atual).

Com 421 jogos, Felipão segue como o segundo técnico que por mais vezes esteve à frente do Maior Campeão do Brasil, ficando atrás apenas de Oswaldo Brandão, que dirigiu o time por 585 vezes. Além disso, o atual treinador é o terceiro da lista dos que mais venceram pelo clube: 201 vitórias – neste quesito, apenas Vanderlei Luxemburgo, com 221 triunfos, e Oswaldo Brandão, com 341, superam o gaúcho de Passo Fundo.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Leia Mais

W Sports