Comercial leva gol nos ácrescimos e vê título escapar no apagar das luzes

Jogo acabou em 2×2, resultado que deu o título ao Noroeste – Foto: Bárbara Pires

Em jogo válido pela final do Campeonato Paulista da Série A3, o Comercial recebeu a equipe do Noroeste, nesse sábado em Palma Travassos. A equipe Comercialina, precisava de uma vitória por qualquer placar para garantir o título inédito.

O Comercial iniciou a partida em cima do time de Bauru, e logo aos dez minutos, Wendel Alex recebe cruzamento da direita, não consegue finalizar, mas acaba cruzando para Gustavo, que finaliza e abre o placar para o Bafo.

Mesmo após o primeiro gol, o Comercial continuou em cima do Noroeste e as principais ações ofensivas, passavam pela equipe de Ribeirão Preto. O Noroeste chegou ao ataque, mas parou na boa atuação do goleiro Matheus.

Gustavo, era o jogador mais ligado do Bafo no primeiro tempo e foi dele também, o segundo gol da equipe comercialiana. Gustavo aproveitou um erro na saída de bola do Noroeste, puxou pela direita, pedalou e finalizou firme, de baixo das pernas do goleiro Diogo Calixto.

Lance polêmico

Aos 45 minutos do segundo tempo, o zagueiro Maycon Douglas, que tinha acabado de entrar na partida, cometeu uma falta por trás e foi expulso direto. O lance gerou muita revolta nos jogadores e até mesmo no treinador Gustavo Marciano, após o gol, invadiu o gramado para reclamar com o árbitro e acabou sendo expulso. Um dos membros da comissão técnica, partiu para cima do árbitro e acabou o agredindo, fazendo com que o árbitro optasse pelo encerramento da partida.

Mais um caneco

O Norusca conquistou pela segunda vez a Série A3. A primeira havia acontecido no distante ano de 1995.

O clube de Bauru também conquistou á Série A2 (1953, 1970 e 1984), duas Copas Paulista (2005 e 2012), além de ser bicampeão do Interior (1943 e 2006).

Artilheiro das finais

Gustavo, autor dos três gols do Comercial contra o Noroeste, é volante de origem e começou a competição atuando nessa posição. Com o passar da competição, o treinador Gustavo Marciano foi dando mais liberdade ao atleta, onde se destacou e virou a principal peça do elenco comercialino, jogando pela ponta-direita.

“Eu sou volante mesmo, mais específico, um segundo volante. No final da competição, o professor que decidiu me usar mais ali na ponta”, declarou Gustavo.

Férias e reapresentação

Os jogadores do Comercial agora entram em uma “miniférias”, voltando aos treinamentos no dia 6 de junho, visando a Copa Paulista. Para a competição, 80% dos jogadores, já estão de contrato renovado e vão disputar a competição.

Foto: Bárbara Pires

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario