Condé não confirma, mas dá indícios de alterações no Bota

Na rodada passada, o técnico Léo Condé deu uma “colher de chá” e revelou na entrevista coletiva pré-jogo o time que começaria jogando contra o Ypiranga. Nesta semana o treinador mudou de postura e não revelou quem começa jogando contra a Tombense.

Apesar de não revelar os nomes, o treinador deu indícios de quem pode ou não ir para o jogo. Segundo Condé, apesar de ainda brigar pela segunda colocação, o mais importante é ter todos os jogadores para o mata-mata.

“A gente olha para o mata-mata, mas isso passa pelo jogo na cidade de Tombos. Precisamos de um bom resultado para poder confirmar no mínimo a segunda colocação. Mas é claro que em algumas situações a gente não vai arriscar. É o caso do Peri, que está em fase de transição e é um cara que possivelmente não vai para o jogo. Vamos mandar para o campo uma equipe forte, a base titular vai jogar, entretanto, assim como Peri, o Yuri também foi poupado nos últimos dias. O jogo é importante, mas não podemos correr riscos. Queremos todos os jogadores disponíveis para o mata-mata”, contou Condé.

+ Condé esboça time com três volantes

Nos últimos dois dias de trabalho, o treinador trabalhou com Serginho, Léo Baiano e Leandro Salino entre os titulares. O comandante Botafoguense ressaltou que os treinamentos servem para fazer testes e afirma que ainda vai testar outras alternativas.

“Os treinamentos são para a gente treinar as possibilidades. Testamos o Salino jogando mais adiantado, o Marquinhos também, apesar de gostar mais dele jogando pelos lados, vamos trabalhar um pouco mais e a ideia é mandar um time competitivo para o jogo”, afirmou Leonardo Condé.

Foto: Leonardo Del Sant / WSports

 

%d blogueiros gostam disto: