Curtinhas tricolores: Estatísticas e curiosidades sobre a trajetória do Tricolor na edição deste ano do Campeonato Paulista

No último final de semana, após o empate com o Corinthians por 1 a 1 no jogo de volta da semifinal, o Tricolor encerrou a sua participação no Campeonato Paulista de 2017. Abaixo, o site oficial do clube traz algumas estatísticas e curiosidades sobre a participação da equipe na edição deste ano da competição estadual.
ARTILHEIRO > Com nove gols marcados, Gilberto foi o artilheiro do Tricolor no estadual deste ano. O camisa 17 lidera o ranking de goleadores da competição ao lado de William Pottker, da Ponte Preta, que avançou para a decisão. Cueva e Lucas Pratto, ambos com cinco gols, foram os vice artilheiros da equipe são-paulina no Paulista.
ASSISTENTE > Com cinco passes certeiros para gols, o jovem Luiz Araújo foi maior assistente do elenco na disputa do estadual de 2017, seguido por Bruno, Cueva e Gilberto, com três assistências cada.
ATAQUE > Com 33 gols em 16 partidas, o São Paulo detém o melhor sistema ofensivo do Campeonato Paulista deste ano, seguido pelo Palmeiras (30). Ponte Preta e Corinthians, finalistas, balançaram as redes 22 e 18 vezes, respectivamente, até aqui.
DESARMES > Com 304 desarmes em 16 jogos (média de 19 por partida), o time são-paulino foi o que mais roubou bolas na competição. Corinthians, com 298, e Palmeiras, com 267, completam o ‘Top 3’. Buffarini, com média de 3,6 desarmes por jogo (foram 36 em dez partidas), foi o maior ladrão de bolas do Paulista entre os atletas que mais atuaram.
ELENCO > Todos os 28 jogadores inscritos pelo clube na primeira fase foram utilizados pelo técnico Rogério Ceni. Depois, no mata-mata, o clube promoveu três mudanças: saíram os lesionados Sidão, Bruno e Lucas Fernandes para as entradas de Lucas Perri, Edimar e Thomaz.
> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook
RENAN RIBEIRO > O camisa 30 foi o goleiro mais utilizado por Rogério Ceni no Campeonato Paulista deste ano: sete vezes. Sidão disputou seis partidas e Denis, três. O jovem Lucas Perri, que foi inscrito no mata-mata, não atuou.
THIAGO MENDES > O camisa 23 foi o jogador mais escalado por Rogério Ceni no estadual: 14 vezes, além de ter entrado no decorrer de uma partida. O volante não atuou em apenas três duelos do Paulistão de 2017. Junior Tavares, com 13 jogos, foi o segundo mais escalado pelo comandante, seguido por Luiz Araújo (12).
CÍCERO > O volante foi o jogador são-paulino que mais acertou passes no estadual: 647 em 14 jogos (média de 46,2 por jogo e 94,5% de aproveitamento no fundamento). Junior Tavares, com 626 passes e João Schmidt, com 532, completam o ‘Top 3’ do elenco neste quesito.

Foto: Rubens Chiri | Saopaulofc.net

 

Unimed 300X200

Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: