Departamento Médico do Palmeiras explica caso de Arouca e afirma: ‘Não é doping’

No início da tarde desta quarta-feira (31), o Departamento Médico do Palmeiras, representado pelos doutores Rubens Sampaio e Vinicius Martins, esclareceu a situação que envolve o volante Arouca e um possível doping do atleta palestrino. Mesmo notificados pela comissão de antidoping da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os profissionais do Verdão garantem que não há ilegalidade no medicamento utilizado pelo camisa 5 antes do duelo com o Internacional, realizado no dia 17 de julho, em Porto Alegre-RS, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro.