Depois de triunfo, Warriors podem deixar de visitar o presidente Trump

Depois de triunfo, Warriors podem deixar de visitar o presidente Trump

Equipe venceu a temporada da NBA sobre o Cleveland Cavaliers

Depois de vencer o Cleveland Cavaliers por 129 a 120 e garantir o título da NBA pela quinta vez, o Golden State Warriors deve pular um evento importante do calendário dos campeões: a visita ao Presidente norte-americano Donald Trump. A informação foi publicada por Josh Brown, do The Half Time Report, programa da rede norte-americana CNBC.

Segundo Brown, a decisão de não ir à Casa Branca foi unânime. Quando venceu a competição em 2015, a equipe foi visitar o então presidente Barack Obama. No último ano, os campeões Cavaliers também foram a Washington DC.

Novo Shopping 300X200

Em fevereiro deste ano, o armador do Warriors, Stephen Curry, chegou a se desentender com uma das empresas patrocinadoras da equipe depois de criticar Trump. O técnico do Golden State Warriors, Steve Kerr, também se pronunciou contra o representante norte-americano, em janeiro. Na ocasião, ele manifestou sua indignação com o decreto que impede pessoas de sete países muçulmanos de irem aos EUA. “É uma ideia horrível”, declarou o técnico sobre a política.

A baixa aceitação do presidente no esporte refletiu também no futebol americano. No começo de 2016, alguns vencedores do Super Bowl, membros do New England Patriots, negaram a visita à Capital. Até agora, ninguém do Golden State se posicionou sobre o caso.

Foto: Noah Graham | AFP

 

Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
Novo Shopping 500×300
%d blogueiros gostam disto: