Dos times da Série A do Brasileiro, Vitória é dono do melhor aproveitamento no estadual; Furacão é o lanterna

No próximo sábado, às 16h, começa o tão esperado Campeonato Brasileiro. Com o mesmo regulamento desde 2003, as vinte equipes se enfrentam em turno e returno com o maior pontuador sendo o campeão (óbvio). Mas o mais interessante na competição nacional é o número de equipes que entram como favoritas ao troféu.
Esse ano não será diferente, e como muitas vezes nos anos anteriores os estaduais, mesmo que teoricamente desvalorizados, servem de parâmetro para apontar possíveis previsões. Das vinte equipes, sete foram campeãs em seus respectivos estados, enquanto outros ficaram longe de fazer boa campanha.

 

[the_ad id=”55469″][the_ad id=”55472″]

Drogao 700×400

 

O Vitória, que foi campeão em cima do rival Bahia e que, ironicamente, demitiu o técnico Argel Fucks na reta final da competição, teve o melhor aproveitamento, conquistando 85,7% dos pontos. Por outro lado, o Atlético-PR, que também chegou à final, sendo derrotado pelo Coritiba, atingiu apenas 39% dos tentos disputados.
Veja abaixo alguns números das 20 equipes que disputarão o Brasileirão esse ano.
Aproveitamento
Vitória – 85,7% (Campeão)
Flamengo – 80,4% (Campeão)
Atlético-MG – 77,8 (Campeão)
Cruzeiro – 71,1% (Vice-campeão)
Palmeiras – 70,8% (Semifinalista)
Chapecoense – 70% (Campeão)
Bahia – 69% (Vice-campeão)
Corinthians – 66,7% (Campeão)
Coritiba – 64,7% (Campeão)
Avaí – 61,7% (Vice-campeão)
Fluminense – 60,8% (Vice-campeão)
Santos – 59,5% (Caiu nas quartas de final)
Sport – 56,4% (Finalista)
São Paulo – 56,3% (Semifinalista)
Vasco – 56,1% (Semifinalista)
Grêmio – 55,6% (Semifinalista)
Botafogo-RJ – 54,8% (Semifinalista)
Ponte Preta – 53,7% (Vice-campeão)
Atlético-GO – 47,9% (Semifinalista)
Atlético-PR – 39,2% (Vice-campeão)

Foto: Felipe Oliveira | Divulgação | EC Bahia

 

Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
Tonin 500×300
Novo Shopping 500×300
%d blogueiros gostam disto: