Em 2018, Botafogo teve média de idade de 27 anos no Paulistão

O presidente Botafoguense, Gerson Engracia Garcia, afirmou que o perfil de contratações do Pantera para 2019 será de jogadores com potencial de crescimento, evitando os famosos “medalhões”.

No campeonato paulista de 2018, o Botafogo ainda não havia se tornado S/A, mas o executivo de futebol e o técnico seguem sendo os mesmos. Na ocasião, a montagem do elenco para a competição foi bastante equilibrada.

Drogao 700×400

No total o Pantera fez 18 contrações para o estadual. A média de idade dos atletas foi de 27,7 anos. Chegaram sete jogadores acima dos 30 anos, cinco com idade entre 25 e 30 anos e seis atletas abaixo dos 25 anos.

+ Obras no estádio Santa Cruz começam a ganhar forma

O jogador mais velho a ser contratado foi o goleiro Tiago Cardoso, com 34 anos. O sistema defensivo, Inclusive, é o que contou com os jogadores de mais experiência. Além do goleiro, o lateral-esquerdo Peri, com 32 anos e a dupla de zaga Plínio, 34 anos, e Naylhor, 31 anos completam os trintões do sistema defensivo.

Apesar do discurso do presidente, a primeira contratação do Bota para a próxima temporada vai na direção contraria. Denilson, volante com grande rodagem e passagem por clubes como São Paulo Cruzeiro e Arsenal, está com 30 anos e não joga há aproximadamente dois anos.

Dos que já renovaram contrato, Plínio está com 34 anos e Lucas Mendes, mais jovem, está com 25 anos.

Foto: Rogério Moroti / Agência Botafogo

 

 

 

Drogao 500×300
Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: