“Esta camisa tem um peso enorme”, diz Neílton

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Um dos destaques do Campeonato Brasileiro de 2016, o atacante Neilton chegou motivado ao Tricolor para dar sequência ao seu bom momento na carreira. O jogador, que era um dos trunfos do Botafogo na campanha que garantiu uma vaga aos cariocas na próxima edição da Copa Libertadores da América, também está ansioso para trabalhar com o técnico Rogério Ceni e reforçar a equipe na briga por títulos em 2017.

“Chegar ao São Paulo é a realização de mais um sonho. Uma satisfação enorme. Darei o meu máximo para que seja uma excelente passagem pelo clube. Estou focado e vou me dedicar bastante. Esta camisa tem um peso enorme, e espero conquistar títulos aqui como grandes jogadores fizeram. Um clube tricampeão da Libertadores e do Mundial tem que brigar por títulos sempre”, afirmou o atleta, de 22 anos.

Gran Steak 500×300

Neilton chegou ao Tricolor em uma troca envolvendo o volante Hudson, que seguirá para Belo Horizonte para defender o clube mineiro na próxima temporada. O atacante assinou contrato por empréstimo até o final de 2017. Ao final deste período, os clubes têm opção de compra. O jogador despertou o interesse da equipe são-paulina após a grande trajetória pelo time botafoguense: conquistou o Campeonato Brasileiro Série B (2015) e a vaga na Libertadores de 2017, além de marcar 18 gols em 72 partidas.

Antes de despontar no Rio de Janeiro, o atacante revelado nas categorias de base do Santos passou pelo Cruzeiro. De acordo com Neilton, o retorno ao futebol paulista mostrará um atleta com mais bagagem. “Estou mais experiente, centrado e espero que 2017 seja tão bom quanto 2016. Trabalhar com o Rogério também me deixou bastante motivado, e espero que seja uma excelente temporada. Quero conquistar a torcida são-paulina, a confiança do treinador e ter uma passagem vitoriosa aqui”, acrescentou.

Filho de são-paulinos, Neilton revelou que os seus familiares festejaram o acerto com o Tricolor. “Todos lá em casa são são-paulinos. Meus irmãos e meus pais ficaram contentes com esta notícia. Vou honrar a camisa do São Paulo pela torcida e por eles também”, completou o atleta, que definiu as suas características. “Gosto de jogar mais pelas pontas, com velocidade e drible. Me entrego pela equipe, tento ajudar sempre e buscarei isso aqui”, afirmou o atacante, que terá a concorrência de Wellington Nem, David Neres e Luiz Araújo.

“Acredito que será uma disputa sadia. Temos que respeitar as escolhas do Rogério. O que ele definir, está decidido (risos). Vou lutar, correr e ajudar, como fiz em 2016. Tive uma temporada sensacional, uma das melhores da minha carreira, mas vou trabalhar para que 2017 seja ainda melhor. Estou focado em 2017 e pronto para ajudar o São Paulo”, finalizou.

Fonte: Agência São Paulo

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: