Ex-destaque do Botafogo sofre com atos racistas no exterior

Os casos de racismo, infelizmente, não chegam ao fim. Seja no futebol, vôlei, basquete, ou andando na rua, ainda presenciamos cenas de intolerância e preconceito, nesse caso, relacionado a cor da pessoa. No último domingo (17), o atacante brasileiro Serginho, 34, que atualmente defende o Jorge Wilstermann, da Bolívia, sofreu com atos racistas durante uma partida do campeonato nacional.

Blooming e Jorge Wilstermann se enfrentavam pelo campeonato nacional boliviano. Um pouco antes do acontecido, Serginho já havia relatado ao árbitro que a torcida adversária estava o insultando por conta de sua cor. O capitão do Blooming, o uruguaio Latorre, foi até sua torcida pedir para que as ofensas parassem.

Novo Shopping 500

No lance seguinte, Serginho quase marcou um golaço. Arrancou do meio de campo, passou por todos os marcadores e conseguiu um escanteio. Quando partiu para a cobrança do tiro de canto, ouviu mais insultos. O brasileiro deixou a bola na marca e saiu da cobrança. Atravessou todo o gramado e foi para o vestiário. O relógio apontava 40 minutos do segundo tempo.

O zagueiro brasileiro Alex Silva, ex-São Paulo, e companheiro de Serginho no time boliviano, revelou que também sofreu com insultos durante toda a partida, mesmo sem entrar em campo.

“Deu uma confusão entre os bancos de reserva das duas equipes e fui expulso. Ao sair do estádio, todo mundo começou a gritar, imitando macaco. E aí depois toda vez que Serginho pegava na bola faziam o mesmo”, disse o zagueiro.

Não foi a primeira vez que Serginho passa por isso atuando pelo Jorge Wilstermann. No ano passado, o atacante se recusou a voltar a campo após o intervalo, por ter sido insultado durante a partida. O presidente da Bolívia, Evo Morales, se solidarizou com o atacante brasileiro.

“Nossa solidariedade com Serginho, jogador do Jorge Wilstermann que ontem deixou o gramado, em forma de protesto, após ser vítima de insultos racistas vindo de maus torcedores. O futebol é um esporte que une os povos, não devemos permitir que seja manchado com esses atos discriminatórios”, escreveu Morales em suas redes sociais.

Serginho foi atleta do Botafogo entre 2016 e 2017, um pouco antes de se transferir para o Jorge Wilstermann. Jogando pelo Tricolor, o atacante marcou quatro gols. O mais importante deles foi no Paulistão 2016, quando Pantera precisava vencer a Ferroviária para escapar do rebaixamento, e Serginho balançou as redes da Arena Fonte Luminosa, com um golaço de fora da área.

Todas as informações do futebol você confere no Programa WSports News, exibido todos os dias no Canal 9 NET – TVRP, às 19h. E ao vivo no Facebook e Youtube, às 18h.

E agora você pode fazer parte do nosso time! Mande seu vídeo para o nosso WhatsApp (16) 99153-0556, e seja o nosso comentarista. Mandando sua mensagem você ainda concorre a prêmios exclusivos! Lembrando que os vídeos devem ser na horizontal e devem ter, no máximo, 40 segundos.

Foto: Agência Botafogo

Novo Shopping 500
Tonin 500
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: