radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Fortalecimento muscular X Corrida

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

Muitas vezes ouço pessoas comentarem que começaram a correr e pararam de frequentar a academia para fazer um fortalecimento, uma musculação. Quando ouço isso, logo questiono e tento mostrar a importância e a diferença que faz a conciliação dos dois.

Esclarecendo já de início: Não sou educadora física, nem fisioterapeuta, muito menos da área da saúde, mas nesses quatro anos de corrida e uma bagagem grande de treinos e provas, posso afirmar, com toda a certeza, que, fortalecimento e corrida, devem caminhar junto.

Bodytech 300X200

Nunca deixei de fortalecer desde o dia que comecei a correr, porém, no início, não fazia exercícios relacionados à corrida; simplesmente fazia meu treino de musculação, o que acabava me atrapalhando por ficar pesada demais.

Com o tempo entendi que se queremos correr, temos que ter um treino específico para a corrida, com exercícios que favoreçam e que ajudem a correr melhor.

Um fortalecimento mal feito ou mesmo a falta dele, aumenta a probabilidade de lesões causadas pela corrida. Dessa forma, é ideal fortalecer todas as partes do corpo que usamos para correr, tendo o fortalecimento como um caminho para a vida longa na corrida.

Há vários exercícios que podem ser feitos em casa, utilizando peso corporal ou mesmo elásticos, que podem ser usados no auxílio do fortalecimento.

Uma musculatura fraca fica propícia a lesões e o que um corredor menos deseja é ter que interromper os treinos por causa de uma lesão, então vale a pena gastar um tempo para o fortalecimento e incluí-lo na rotina de treinos, tendo ele como uma parte da corrida e não só como uma coisa separada, que só se sobrar tempo será encaixado. Ele deve ser incluído como treino e não pode ser negligenciado.

Tenho uma lesão no quadril que doía muito quando comecei a correr e não fortalecia direito. Quando descobri, busquei ajuda médica para saber o que eu precisava fazer e a primeira coisa que foi dita foi para fortalecer. Hoje, se eu ficar sem fortalecer, corro o risco de ter que operar e nunca mais correr. Por isso estou sempre atenta aos meus treinos e conto com profissionais de excelência para me ajudar para que eu possa alcançar minha meta.

Estou a caminho de uma maratona e o que menos quero é ficar parada por conta de uma lesão, coisa que sei que pode ser evitada e prevenida. Um dos maiores problemas é que muita gente espera o problema agravar, a dor aumentar, a lesão acontecer para lembrar que deveria ter feito o fortalecimento, porém depois não dá mais tempo. Temos que lembrar que vale a pena gastar um tempinho com a prevenção para depois não sofrer com a lesão.

Dessa forma, fortalecimento e corrida devem caminhar lado a lado, um complementando o outro.

Texto: Ana Runner 

Siga nas redes sociais: @ana_runner e @wsports.news 

Leia Mais

W Sports