Furacão vence o Corinthians e segue na cola do G6

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

O Atlético Paranaense venceu mais uma partida no Campeonato Brasileiro, chegou aos 53 pontos na competição e segue na cola do G6! Na noite desta quarta-feira (21), o Furacão bateu o Corinthians, por 1 a 0, no Caldeirão, com gol de Léo Pereira. O jogo foi válido pela 36ª rodada.

O Rubro-Negro volta aos gramados no domingo (25), quando recebe o Ceará, no estádio atleticano, às 17h, pela penúltima rodada da competição nacional.

Coxilha dos Pampas 300X200

Primeiro tempo sem gols

O jogo começou equilibrado, com muita troca de passes no meio-campo e sem grandes chances criadas. O Furacão chegou com Pablo, que desviou de cabeça após cobrança de escanteio, sem perigo.

O Corinthians chegou bem com Pedrinho, aos 12 minutos. Ele tabelou no meio-campo e bateu forte de fora da área, rasteiro. Santos caiu no canto esquerdo para praticar a defesa.

Aos 30’, Pablo cobrou falta com bastante força. Cássio deu um soco para afastar o perigo. Quatro minutos depois, Nikão arriscou o chute de fora. O goleiro adversário fez firme defesa no canto.

No minuto 45, Pablo cobrou mais uma falta, mais uma bomba em direção ao gol de Cássio. O goleiro caiu bem no canto para praticar boa defesa.

Furacão pressiona e abre o placar no início do 2º tempo

Na segunda etapa, o time rubro-negro voltou melhor e criou boa oportunidade logo aos dois minutos. Nikão bateu de fora da área e obrigou Cássio a fazer uma grande defesa. Na sobra, Veiga pegou mal na bola e não conseguiu colocar na direção da meta.

E não demorou para sair o gol. Aos seis minutos, Raphael Veiga cobrou escanteio pelo lado esquerdo e Léo Pereira subiu mais que todo mundo para cabecear no cantinho. Sem chances para o goleiro. 1 a 0 Furacão!

Nikão estava procurando o gol, mas parou em Cássio mais uma vez. Aos 18’, o camisa 11 ajeitou e mandou colocado, lá no cantinho. O goleiro corinthiano praticou uma ótima defesa, com a ponta dos dedos.

E a artilharia continuou pesada para cima do camisa 12 adversário. Renan Lodi recebeu de Wellington, adiantou e soltou a bomba. Cássio foi buscar e espalmou para escanteio, aos 20’.

Na reta final da partida, o time visitante até tentou chegar ao ataque com bolas na área, mas sem sucesso, com grande desempenho da defesa atleticana.

Foto:  Miguel Locatelli/Site Oficia

Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: