Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Gilson Kleina comemora vantagem contra o Santos e espera repetir feito na Ponte Preta

A Ponte Preta venceu o Santos por 1 a 0, com gol do artilheiro William Pottker, e abriu vantagem em relação ao rival pela primeira partidas das quartas de final do Paulistão. O técnico Gilson Kleina elogiou a entrega apresentada pelos campineiros e comemora a vantagem obtida para repetir feito do passado.

“O comportamento da equipe foi de equilíbrio. Não deixamos de fazer a marcação pressão no homem da bola, principalmente porque sabíamos que os Santos faz uma saída de três com o Victor Ferraz e outra com o Renato, e nós tínhamos que impedir essa situação. Acho que por dois momentos na partida nós tivemos a chance de matar o jogo. Fizemos o gol e continuamos tendo as melhores condições de poder ampliar”, analisou Kleina.

“Fico feliz que a equipe jogou e teve entrega. Não é fácil fazer o jogo que fizemos contra o Palmeiras e dois dias e meio depois estar de novo na arena e conquistar mais uma vitória para o nosso torcedor, que mais uma vez foi brilhante e contagiante, deu essa energia que os atletas necessitam”, disse.

O treinador se mostrou satisfeito com a vantagem no placar, mas alertou seus comandados.

“O mais importante é uma vantagem, mas sabemos o que o segundo jogo difere do primeiro. O Santos virá para cima. Vamos ter uma marcação encurtada, mas não podemos abdicar de fazer o que estamos fazendo. Não adianta começar o jogo e querer administrar isso. O importante é ter uma equipe equilibrada, concentrada mentalmente e ver de que maneira vamos armar o time”, afirmou.

> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

Por fim, o técnico campineiro relembrou a classificação de 2012, no estádio do Pacaembu, palco do duelo contra o Santos na próxima semana.

“Foi um momento marcante. Eliminar o Corinthians, que foi naquele ano campeão da Libertadores e Mundial foi espetacular. Mobilizamos muito para aquele jogo, voltamos muito felizes e avançamos em cima de um grande adversário. Espero que possamos repetir esse feito, mas sabendo que é outro momento. Não podemos sentar em cima da vantagem e nem do passado. Temos de ter atitude para sermos merecedores”, completou.

A segunda partida das quartas de final do Paulistão entre Santos e Ponte Preta está marcada para segunda-feira, às 20h, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Foto: Fabio Leoni | Ponte Preta

 

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario