“Hoje ninguém facilita a vida de ninguém”, afirma Condé sobre jogo de ida

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

O Botafogo arrancou um bom empate em Cuiabá no jogo de ida das semifinais do campeonato brasileiro e na visão do técnico Léo Condé, o Pantera volta com missão cumprida.

Para o treinador, o time cumpriu bem a ideia de jogo que foi proposta e comemora o poder de decisão dentro do estádio Santa Cruz.

Bodytech 300X200

“A gente veio como uma proposta de usar duas linhas de quatro, bloquear bastante a entrada da área, com dois volantes e as laterais do campo, onde o Cuiabá tem suas principais jogadas. Conseguimos nos proteger bem e tentamos alguns contra-ataques, mas não fomos muito felizes na transição. Nós conseguimos fazer um jogo dentro daquilo que nós planejamos e vamos decidir dentro de casa, perto do nosso torcedor. Acredito que se fizermos um jogo forte, podemos ir até a final”, afirmou Léo Condé.

+ Análise: Resultado bom, desempenho nem tanto; João Lucas mostra segurança

O time Botafoguense foi criticado por alguns jogadores do time adversário, que reclamaram da postura defensiva do Botafogo. Segundo Condé, sua equipe foi para campo com uma proposta mais defensiva e avisa que no futebol de hoje, ninguém pode dar mole.

“Não é que nós não viemos para não jogar, nós viemos com uma proposta, por ser fora de casa, de levar a decisão para Ribeirão Preto. Eles tem as jogadas pelas laterais muito fortes e nós nos preparamos para bloquear isso. Hoje ninguém facilita a vida de ninguém não. Acredito que em Ribeirão nós vamos tentar jogar e eles vão tentar destruir. Futebol é assim mesmo”, contou Condé.

Foto: Reprodução WSports

 

 

Leia Mais