radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Hospital Santa Lydia aumenta leitos de UTI para pacientes com COVID

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

O Hospital Santa Lydia, que nesta fase mais crítica da pandemia está atendendo exclusivamente pacientes infectados pelo novo coronavírus (COVID-19), aumentou sua capacidade de assistência instalando mais quatro leitos de UTI – Unidade de Terapia Intensiva.

Com a ampliação, o hospital passa a ter 39 leitos de UTI e 15 de enfermaria destinados a assistência e cuidados dos pacientes.

UNIMED

A medida preventiva reforça as ações antecipadas que a administração municipal tem adotado para garantir assistência aos pacientes acometidos pela COVID-19. Na manhã desta sexta-feira (26), o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, fez uma visita à instituição.

“É muito triste ver homens e mulheres, as pessoas intubadas, sedadas, desacordadas, com respiração mecânica, uns graves, outros ainda mais graves. Mas nos conforta saber que estamos tratando de todos, com muito cuidado e carinho por toda a equipe de profissionais do hospital. Portanto, a mensagem é que as pessoas tenham responsabilidade nesse momento em que a pandemia atinge seu estágio mais duro sobre todos nós, brasileiros, mas com fé e muita dedicação nós iremos superar isso tudo”, disse o prefeito na ocasião.

Além da abertura de novos leitos, o chefe do Executivo ressaltou o aumento da capacidade de fornecimento de oxigênio aos pacientes que necessitam da terapia.

“No Hospital Santa Lydia, nós passamos de cinco mil metros cúbicos de capacidade de armazenamento de oxigênio para nove mil metros cúbicos, portanto, uma preocupação que é nacional, garante para nossos pacientes a capacidade de intubação com estoques suficientes, sem o risco de desabastecimento” explicou Duarte Nogueira.

O prefeito ainda afirmou que uma reunião entre as polícias Civil, Militar, Guarda Metropolitana e Fiscalização Geral, Vigilâncias Sanitárias do Estado e município e Ministério Público tratou de assuntos relacionados à fiscalização.

“A reunião serviu para que possamos ter uma fiscalização e capacidade de coibir as atividades que estragam o isolamento e as restrições. A população está preocupada em se contaminar, cumprindo corretamente as posturas, mas tem gente que brinca com a vida e temos que ter uma fiscalização mais severa”, concluiu.

Leia Mais

W Sports