radio-wsports
Clique e ouça aqui!

João Doria se mete no futebol dando canelada e tomará pressão da CBF e Federação Paulista, que pode antecipar volta do Paulistão.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

O governador João Dória(PSDB) deu mais uma canelada em sua carreira na vida pública . Além de decisões políticas equivocadas durantes a pandemia da Covid 19, o chefe maior do estado resolveu se meter em uma área que ele pouco conhece, o futebol.

Nesta segunda feira(6), Doria deu uma declaração afirmando que os clubes de São Paulo não participariam do Campeonato Brasileiro sem antes terminar as competições estaduais, leia-se o Paulistão. Durante a coletiva no Palácio dos Bandeirantes o governador não sabia nem quantas rodadas ainda faltavam para terminar o Campeonato Paulista.

UNIMED

Ao ter conhecimento sobre o pronunciamento de Doria, a Confederação Brasileira de Futebol logo se pronunciou e disparou uma nota oficial enfrentando o governador de São Paulo.

A noite, no programa Bem Amigos do canal por assinatura SporTV o presidente da Federação Paulista de Futebol também se pronunciou. “Enviaremos nessa semana ao governo de SP o protocolo de conclusão do Campeonato Paulista e veremos com eles e com os clubes a data viável para reiniciar a competição. Temos certeza que vamos caminhar juntos com a CBF para organizar de forma conjunta e harmônica o fim do Campeonato Paulista e o início do Brasileirão”. Disse Reinaldo Carneiro Bastos.

Indignada com o pronunciamento, A Federação Paulista resolveu enfrentar João Dória e está convocando uma reunião de emergência através de vídeo conferencia com os clubes do Paulistão para propor o reinício da competição estadual na semana de 26 de julho.

Importante lembrar que o governador do estado de São Paulo não tem nenhum poder sobre o futebol estadual e nacional. Nesta reunião de emergência os clubes que correm risco de rebaixamento devem pedir a Reinaldo Carneiro Bastos para que não aja descenso na competição deste ano. Todavia o pedido pode ser em vão, já que o mandatário do futebol paulista já avisou que haverá o rebaixamento.

Leia a nota oficial da CBF.

A respeito da declaração do Governador de São Paulo, João Doria, em coletiva nesta segunda-feira, 6, sobre o Campeonato Brasileiro, a CBF afirma que:

1 – Os clubes de São Paulo aprovaram, em reunião no dia 25 de junho, com a presença dos 40 clubes das Séries A e B, as datas de 9 de agosto para o início da Série A do Campeonato Brasileiro e 8 de agosto para início da Série B.

2 – Para preservar estas datas, os clubes concordaram em jogar fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outra cidade ou estado caso o seu local de jogo não esteja liberado nas datas de início das competições. Essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 clubes da Série A, incluindo todos os de São Paulo.

3 – Os clubes de São Paulo disputantes do Campeonato Brasileiro da Série A reafirmaram sua posição em contato com a CBF, nesta segunda-feira, 6. A CBF e a Federação Paulista de Futebol (FPF) estão em permanente sintonia em relação aos temas de interesse do futebol brasileiro.

Wilson Rocha

Leia Mais

W Sports