Lucas Lima destaca ‘catimba’ dos bolivianos: “Não pode deixar barato”

Após um início de ano de altos e baixos, Lucas Lima voltou a assumir um papel de protagonismo no Santos. Contra o The Strongest, nesta quarta-feira, o meia foi decisivo para a classificação santista às oitavas de final da Libertadores. Aos 23 minutos do segundo tempo, ele driblou a marcação com facilidade e encontrou Vitor Bueno na área. Sozinho, o camisa 7 só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e decretar o empate do Peixe em 1 a 1, no estádio Hernando Siles, em La Paz, na Bolívia.
Além da boa atuação, Lucas Lima precisou conviver com a provocação dos bolivianos durante todo o jogo. Caçado em campo, o camisa 10 destacou a força do alvinegro para superar a ‘catimba’ dos rivais.
“Libertadores é isso. A gente se acostuma com essa provocação. Fizemos uma grande partida e merecemos o resultado. Não podemos deixar barato. Somos humanos. A gente provoca também. Eu não entendo nada que eles falam. Gritam para caramba, falam tudo rápido… Estou muito feliz pelo resultado”, comemorou o meia na saída do gramado.
> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook
Com nove pontos e na liderança do grupo 2, o Santos já está classificado e é único time brasileiro invicto na Libertadores. Na última rodada, o Peixe vai encerrar a primeira fase contra o Sporting Cristal na próxima terça-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro. Os peruanos já estão desclassificados.

Foto: Aizar Raldes | AFP

 

%d blogueiros gostam disto: