Lucas Lima vê Derby como ‘maior clássico de São Paulo’ e analisa nova função no verdão

Um dos destaques do Palmeiras nas primeiras partidas de 2018, o meio-campista Lucas Lima vive a expectativa de atuar pela primeira vez no Derby. Autor de um gol e três assistências no ano, o atleta revelou que o clássico entre palestrinos e corintianos é o maior de São Paulo e ressaltou a importância do resultado positivo no duelo do próximo sábado (24) para sustentar a ótima campanha alviverde no Paulistão.

“Creio que sempre foi o maior. Na época em que eu estava no Santos, a rivalidade entre os times aumentou bastante, mas, em São Paulo, sem dúvidas é Palmeiras e Corinthians. Clássico é diferente, pois nem sempre o melhor vence. Nós estamos dando continuidade ao trabalho, estamos em uma sequência boa, sem perder. Não queremos derrota de nenhuma maneira”, disse.

Drogao 700×400

Se a fase do camisa 20 no comando ofensivo do Verdão é boa, o desempenho defensivo não fica atrás. No esquema invicto do técnico Roger Machado (seis vitórias e dois empates pelo Grupo C do torneio estadual), Lucas, assim como os demais atletas da linha de ataque palestrina, tem se dedicado a impedir a criação de jogadas por parte dos adversários.

“Eu gosto. O professor sempre me deu liberdade para chegar à frente. Gosto de tocar sempre na bola e voltar um pouco mais para começar a jogada. Eu me cobro também de estar mais à frente, dando assistência e fazendo gol, mesmo se precisar voltar para buscar a bola. Estou me adaptando bem”, analisou, utilizando como exemplo o desarme diante do Mirassol, cujo qual evitou o gol adversário em cima da linha.

O meia, inclusive, revelou que já desempenhou função semelhante nos treinos com a Seleção Brasileira. Vestir a amarelinha na Copa do Mundo da Rússia, aliás, é um sonho do palmeirense. “Tenho de melhorar a cada jogo. Para estar na Seleção é preciso estar em nível muito alto, e é isso que procuro. Claro que depende muito de conquistar títulos, e estou focado em ser campeão aqui”, contou.

“Se for campeão, vou ficar mais próximo de uma convocação. Estou em uma função diferente, em que nunca joguei antes, só treinado na Seleção. Estou feliz. Quero estar mais perto do gol, mesmo tendo que voltar para armar as jogadas”, finalizou Lucas Lima.

Foto Cesar Greco.

Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
%d blogueiros gostam disto: