Página Inicial Mais futebol Baptista analisa jogo-treino e define goleiro titular do Palmeiras no Paulistão

Baptista analisa jogo-treino e define goleiro titular do Palmeiras no Paulistão

Escrito porRedação Wsports 30 30America/Sao_Paulo Janeiro 30America/Sao_Paulo 2017

No último amistoso antes da estreia no Campeonato Paulista, o Palmeiras empatou em 1 a 1 com a Ponte Preta, na tarde deste domingo (29), no Allianz Parque. O duelo, disputado de forma aguerrida por ambas as equipes, deu uma prévia do que o Verdão poderá encontrar na edição deste ano do estadual. Para o treinador Eduardo Baptista, o elenco alviverde satisfez as expectativas dentro do que foi treinado na pré-temporada, mas ainda há o que melhorar.

“Foi um teste para o encerramento da pré-temporada muito bom em todos os quesitos. Até a lição de que você tem o domínio total da partida e precisa converter isso em gols, em placar elástico. Temos de transformar esse domínio em vitória. Conseguimos ser um time equilibrado e objetivo no primeiro tempo, com 70% de posse e oito finalizações”, analisou.


> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

Uma das grandes dúvidas da torcida era sobre quem defenderia o gol do Palmeiras no Paulistão. Baptista, após conversas com Fernando Prass e Jailson, cotados à posição, optou pelo camisa 1 do Verdão, mas lembra que foi difícil escolher um deles.

“O Prass será o goleiro. Conversamos com ele, com Jailson, junto do Oscar (preparador de goleiros). São dois goleiros importantes, e foi difícil tomar uma decisão”, contou.

Foto: Cesar Greco | Ag. Palmeiras