Página Inicial São Paulo Após intensa intertemporada, Tricolor define o seu futuro na Sul-Americana

Após intensa intertemporada, Tricolor define o seu futuro na Sul-Americana

Escrito porRedação Wsports 11 11America/Sao_Paulo Maio 11America/Sao_Paulo 2017
Após a espera durante a intertemporada, o torcedor são-paulino poderá matar a saudade do Tricolor na noite desta quinta-feira (11), às 21h45 (de Brasília). E o reencontro da equipe com a torcida já reservará uma verdadeira decisão: no Morumbi, o São Paulo receberá o Defensa y Justicia-ARG pelo duelo de volta da primeira fase da Sul-Americana de 2017.
Com o empate sem gols no confronto de ida, no Estádio Néstor Díaz Pérez, o time são-paulino precisa vencer o adversário para avançar na competição continental. “O primeiro jogo ficou empatado na Argentina. Acredito que será um jogo difícil. O Defensa tem suas pretensões e, por isso, precisamos ter calma. Será o primeiro jogo depois de alguns dias parado. E temos de começar com pé direito, com a classificação. Tem de dar alegria ao torcedor. E a nós mesmos, começar com o pé direito essa nova etapa. Estamos convencidos”, afirmou o peruano Cueva.
Desde o confronto de volta pela semifinal do Campeonato Paulista, diante do Corinthians, no dia 23 de abril, o Tricolor tem se preparado para encarar a sequência da Sul-Americana e a estreia no Campeonato Brasileiro. “O período serviu para entrosar cada vez mais e o Rogério trabalhou muito taticamente. Vamos jogar do mesmo jeito ofensivo, porque só precisamos da vitória e vamos assim até o fim”, avaliou o lateral-esquerdo Junior Tavares, que emendou.
“A gente trabalhou bastante defesa e ataque neste período. A sincronia está muito grande e espero que seja diferente na hora de sofrer menos gols, mas continuando marcando mais. Foi um período de treinamentos com muito foco no elenco. A gente está muito ansioso pelo jogo, por vestir de novo a camisa do São Paulo. As coisas vão sair naturalmente de acordo com o que treinamos. A gente treinou muito forte, os jogadores se empenharam e vamos entrar da melhor forma. Pesa ficar só treinando, mas não pode ser desculpa”, acrescentou o ala, que teve a opinião compartilhada por Bruno.
> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook
“O grupo está ansioso para voltar a jogar. Corrigimos muitas coisas que erramos no primeiro semestre e queremos começar com pé direito contra o Defensa y Justicia-ARG antes da estreia no Brasileiro. Temos que pensar como surpreendê-los, teremos os vídeos do Rogério para chegarmos prontos para uma vitória. O grupo sabe da sua responsabilidade. Sabe que deixou a desejar, mas tem muita coisa boa e o torcedor precisa acreditar nisso. Juntos podemos mostrar que somos fortes”, opinou o camisa 2.
 O zagueiro Maicon cumprirá o último dos três jogos da suspensão imposta pela Conmebol e não está à disposição, assim como o lateral-direito Buffarini, expulso no duelo de ida, na Argentina. O São Paulo não contará, também, com Wesley (estiramento no músculo posterior da coxa direita em decorrência de uma pancada), Araruna (se recupera de um estiramento no músculo adutor da perna esquerda) e Wellington Nem (artroscopia no joelho esquerdo). Além dos não inscritos Sidão, Marcinho e Morato, que ainda sofreu um entorse no joelho direito e será reavaliado na próxima semana.
O vencedor do confronto desta noite avançará para a segunda fase. Além das 22 equipes que se classificarem, dez times vindos da Libertadores da América integrarão a Sul-Americana – os terceiros colocados na fase de grupos e os dois eliminados com melhor campanha na pré-Libertadores. Dessa forma, 32 times disputam a segunda fase, e daí em diante os times vão se enfrentando em mais cinco fases no sistema de mata-mata, até que seja conhecido o campeão.
SÃO PAULO x DEFENSA Y JUSTICIA-ARG
Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 11/05/2017 (quinta-feira)
Horário: 21h45 (Brasília)
Árbitro: Ulises Mereles (Paraguai)

Foto: Rubens Chiri | saopaulofc.net