Marcelo Melo sonha com Wimbledon e quer voltar ao topo do ranking

Marcelo Melo, atual número 5 do ranking mundial de duplas, embarca na noite desta quinta-feira para a Europa, para se preparar para competir em cinco importantes torneios do circuito de tênis, dentre eles dois Grand Slams: Roland Garros e Wimbledon. Durante a coletiva de imprensa para anunciar seu novo site, o melomarcelo.com, o tenista falou sobre suas principais expectativas para a temporada.
Em 2015, Melo terminou a gira de saibro como campeão de Roland Garros e, ainda naquele ano, assumiu a liderança a liderança do ranking mundial. O tenista revelou que buscará mais um título de Major, mas que seu objetivo não é voltar a triunfar na terra batida, mas sim na grama de Wimbledon. Além disso, o brasileiro quer voltar ao número 1 do mundo, e exaltou a evolução de sua dupla com o polonês Lukasz Kubot, que recentemente triunfou em Miami.
“Quem sabe eu consiga repetir o feito, mas desta vez com Wimbledon, que é um título novo. Mas com Roland Garros eu também vou estar muito feliz. Claro que quero voltar a ser número um, pois foi um momento muito especial da minha carreira, muito diferente. Meu principal objetivo era consolidar a nossa dupla, e acho que conseguimos. Então agora é voltar aos grandes resultados e, como consequência, acho que consigo chegar ao topo do ranking”, declarou em coletiva nesta quinta.
> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook
Melo destacou os motivos que fazem de Wimbledon um torneio tão especial e almejado por todos os tenistas do circuito. Marcelo relembrou a competição realizada em 2007, quando, ao lado do também brasileiro André Sá, chegou à semifinal em Londres. Vale destacar que este não é seu melhor desempenho, uma vez que já alcançou a final do Grand Slam, em 2013, ao lado do croata Ivan Dodig, mas ficou com o vice.
“Foi meu primeiro grande torneio quando fiz a semifinal com o André. Wimbledon é muito sagrado, tem o museu de tênis, você joga na quadra de grama, é obrigado a atuar de branco. Então tem toda uma tradição ao redor de um esporte clássico como o tênis. O torneio em si é muito especial e tradicional. A gente acaba se sentindo bem, e eu gosto muito de jogar na quadra de grama. A maioria dos jogadores sonha em, um dia, ganhar Wimbledon”, disse Melo, desta vez com exclusividade à Gazeta Esportiva.
Nesta quinta, Melo viaja para a Espanha, para a disputa do Masters 1000 de Madri, que se inicia na próxima semana. Depois disso, o brasileiro compete em outros dois torneios no saibro: Masters 1000 de Roma e Roland Garros. Após o fim da temporada de terra batida, Marcelo se preparará para a grama, quando competirá no ATP 500 de Queens e em Wimbledon.

Foto: Marcelo Pereira | Divulgação

 

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario